sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Facebook vai prender usuários

Para especialistas, mudança no Facebook vai prender usuários

O Facebook começou nesta sexta-feira, 30 de Setembro, a disponibilizar aos usuários as mudanças significativas que fez em seu site, uma decisão que, segundo observadores, não apenas irá alterar profundamente a interação de seus 800 milhões de usuários, mas também fará com que eles continuem retornando a essa rede social nas próximas décadas.
As mudanças chegam ao "coração" da experiência do usuário do Facebook, disse seu criador, Mark Zuckerberg, na conferência anual de programadores do site, em San Francisco, Califórnia. A nova Timeline - uma linha do tempo que permite ao usuário apresentar um resumo de sua vida -, revelada na semana passada por Zuckerberg, também deverá surpreender os usuários, que reagiram nos últimos anos a mudanças ou ajustes menores no site.
Rick Marini, presidente da BranchOut, rede social profissional para o Facebook, que assegura ter milhões de usuários, elogiou na conferência a forma como o site conseguiu construir um modelo duradouro. "Se a Timeline se tornar uma parte importante das suas vidas, seu diário, o Facebook talvez tenha prendido os usuários pelos próximos 20 anos", disse Marini na última quarta-feira. "Se é no Facebook que tudo acontece - todas as suas fotos, os seus vídeos, tudo o que você já fez, você nunca irá abandoná-lo."
Segundo Zuckerberg, o principal objetivo de sua equipe "é criar um lugar em que o usuário se sinta em casa", o que levou o analista da Forrester, Sean Corcoran, a sugerir que o Facebook "está se posicionando não apenas como o seu gráfico social on-line, mas também como a sua vida on-line".
Pete Cashmore, fundador do influente blog tecnológico Mashable, antecipou esta semana a resposta que se esperava dos usuários, em um artigo para o CNN.com com o título "Você terá um ataque quando vir o novo Facebook". A princípio, explicou Cashmore, os milhões de usuários que acessam o site diariamente ficarão irritados. Mas quando virem sua vida descrita em uma única e organizada página, perceberão que o Facebook "criou algo tão notável que você nem reconheceu à primeira vista: uma rede social significativa", apostou.
Os observadores veem um claro desafio ao Google, gigante das buscas na internet, uma vez que Zuckerberg explicou que o site que lançou de dentro de seu dormitório na universidade de Harvard em 2004 busca ser o centro de convergência da internet.
A Timeline que os usuários verão a partir desta sexta-feira, e que será ampliada nas próximas semanas, mostra que o gigante das redes sociais salvou tudo o que o usuário já publicou no site. Ao resumir a vida da pessoa através de fotos, vídeos, comentários e conteúdos específicos, o Facebook registra tudo desde o princípio: a linha do tempo de cada usuário começa com o seu nascimento.
A nova função pode ser configurada pelo usuário, para alterar seu nível de segurança ou hierarquizar as informações publicadas. Até agora, em seu perfil, os usuários se apresentavam brevemente, e eram publicadas as suas atividades mais recentes no site. "A Timeline é a história da sua vida", anunciou Zuckerberg na semana passada, durante a conferência em San Francisco.

Fonte: Portal Terra

PSB indica Reginaldo Campos para prefeito

Em uma grande reunião promovida pelo PSB Santarém, sabado passado, dia 24 de setembro, o partido e seus filiados, simpatizantes e amigos defenderam o nome do vereador Reginaldo Campos para prefeito de Santarém, paras eleições de 2012.
"Todo cidadão almeja servir sua cidade com toda dedicação e amor, quanto a mim será uma honra, ao lado de todos os filiados do PSB em Santarém, poder realizar este sonho em favor da população santarena, que merece que façamos o melhor por ela" disse Reginaldo Campos.


Fonte: PSB Santarém

Padre: “Jatene é culpado por greve dos professores”


Padre Edilberto Sena culpa Governador por descaso com professores



Padre culpa Governador

Cinco dias depois da paralisação da rede estadual de ensino em Santarém, o membro da Frente em Defesa da Amazônia (FDA), padre Edilberto Sena, culpou o Governo do Pará pelo descaso com a educação. Em assembléia ocorrida no auditório da Escola São Francisco, na manhã de segunda-feira, 26, os professores da rede estadual de Santarém decidiram entrar em greve.

O motivo maior dessa decisão é a não implementação da Lei de nº 7442, do Plano de Cargo Carreira e Remuneração (PCCR) e do Piso Nacional da classe.

Padre Edilberto garante que tem conversado com professores que afirmam ter prejuízos por conta da má informação do Governo do Pará sobre o aumento salarial da categoria. Os professores, segundo ele, estão exigindo meramente o direito de dignidade de lecionar e ganhar o suficiente para sobreviver.

“O Governo está acuado, principalmente porque pegou uma herança da administração passada, mas quando se candidatou ao cargo eletivo, sabia que iria enfrentar esses problemas”, ressalta o religioso.
Para o padre Edilberto, a educação é para ser prioridade em qualquer governo, significando o pagamento mínimo do piso salarial nacional. Ele afirma que o Governo do Pará está gastando com outras coisas e ficando sem verba para a educação.

“Isso é um grande problema da educação não ser prioridade no Pará. Os professores estão sendo renegados. O Sintepp tem toda a razão de parar de trabalhar, já que o Governo do Estado não respeita a educação”, desabafa padre Edilberto, ressaltando que a greve prejudica os estudantes e a sociedade.
“Temos que ver de quem é a responsabilidade principal desse caos, que está ocorrendo com a greve dos professores. A culpa é do Estado que não prioriza a educação”, assegura.

Por: Carlos Cruz

Juiz interdita celas da Delegacia de Monte Alegre


Juiz Thiago Tapajós deu prazo de dez dias para que a SUSIPE transferir os presos da Delegacia

Juiz Thiago Tapajós

A pedido da Defensoria Pública, o juiz Thiago Tapajós Gonçalves deferiu liminar, nesta quinta-feira (29), para a interdição das celas anexas à Delegacia de Polícia Civil de Monte Alegre até que a carceragem seja reformada. Com a medida, ficou proibida a custódia de qualquer preso no local. O juiz também deu prazo de dez dias para que a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) transfira os presos da delegacia para estabelecimento penal mais apropriado. Caso a decisão seja descumprida, o superintende da Susipe está sujeito a pagamento de multa diária de R$ 1 mil.

Na ação civil pública, movida pela Defensoria Pública, o defensor Eduardo Augusto da Silva Dias afirmou que a delegacia se encontra em condições precárias de higiene e saúde, o que vem gerando reiterada reclamação por parte dos presos. Além disso, há falta constante de remédios e atendimento médico, o que segundo o defensor, viola os direitos básicos dos detentos e aumenta o risco de fugas e rebeliões.
O magistrado, por sua vez, acolheu os argumentos do defensor, ressaltando a necessidade da tomada de medidas urgentes. “Constato que há elementos palpáveis a apontar para a utilização inadequada das celas existentes na Delegacia de Polícia de Monte Alegre e, uma vez comprovada esta premissa, entendo que a proteção do interesse público reclama ou recomenda a adoção de medida tendente a fazer cessar este estado de irregularidade”.

O juiz destacou também as provas documentais anexados aos autos. “Verifico que os documentos carreados aos autos demonstram de forma cabal que as celas da carceragem da Delegacia de Polícia de Monte Alegre não apresentam condições de salubridade para a permanência de presos, notadamente em razão da ausência de ventilação e iluminação, bem como de instalações sanitárias adequadas. É dizer que se tratam de locais que não se compadecem com os postulados da dignidade humana que o Estado Democrático de Direito deve preservar, inclusive para os infratores da lei penal”.

Fonte: Ascom TJPA

Cauda seria a causa da queda de avião no planalto

Aeronave totalmente destruída
Por volta das 14 horas desta quinta-feira (29), uma aeronave caiu em uma área de plantação rural, em Santarém.

O avião, um monomotor(haviamos informado anteriormente que se tratava de um bimotor), modelo Bonanza, prefixo PT-AVK, com capacidade para quatro pessoas, fazia um voo de teste. A bordo estavam apenas duas pessoas.

Segundo a dona de casa Raimunda Oliveira, moradora que reside próximo ao local do acidente, minutos antes da queda era possível ver que o avião estava com problemas. “Ele vinha girando, eu acho que era as peças se soltando”.


A aeronave havia passado por manutenções recentemente. O comandante, que era o proprietário, decidiu fazer um voo em companhia do mecânico, para saber se estava tudo certo.

No acidente, partes do avião ficaram espalhadas pelo local. A cauda, que teria provocado a queda, ficou a quinhentos metros dos destroços.

O corpo do piloto Raimundo Araújo Pereira, com 30 anos de experiência, ficou preso às ferragens. O mecânico Rosivaldo foi arremessado para fora da aeronave, ambos ficaram irreconhecíveis.

No local, peritos analisaram as condições que serão encaminhadas aos órgãos responsáveis pela aviação civil. “Como aqui não tem esse pessoal habilitado, estamos aguardando. Até amanhã vai ficar resguardado, pela polícia militar, o local, até segunda ordem, até a chegada deles” – explica a gerente regional de perícia, Stael Rejane Silva.


Fonte: NoTapajós

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Justiça Federal manda paralisar obras de Belo Monte


A Justiça Federal concedeu nesta terça-feira (27) uma liminar (decisão provisória) determinando a paralisação parcial imediata da obra da Hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu. Depois de concluída, a usina de Belo Monte será a segunda maior hidrelétrica do país, atrás somente da binacional Itaipu.



A decisão atende a pedido da Associação dos Criadores e Exportadores de Peixes Ornamentais de Altamira (Acepoat), cujos integrantes
trabalham na região da futura usina. A empreendedora Norte Energia, responsável pela obra, informou em nota que ainda não recebeu notificação da Justiça Federal a respeito da decisão.

A liminar, assinada pelo juiz federal Carlos Eduardo Castro Martins, proibiu a Norte Energia de fazer qualquer alteração no leito do Rio Xingu. A obra no rio ainda não começou. A decisão não impede, porém, a continuidade de obras de implantação de canteiros e de residências, por não interferirem na navegação e na atividade pesqueira.
Árvores derrubadas para alargamento de estrada que dá acesso aos acampamentos e à Transamazônica (Foto: Mariana Oliveira / G1)Árvores derrubadas para alargamento de estrada
que dá acesso aos acampamentos de Belo Monte
(Foto: Mariana Oliveira / G1)


Dentre as atividades proibidas pela Justiça no rio estão “implantação de porto, explosões, implantação de barragens, escavação de canais" ou qualquer obra que interfira no curso natural do Rio Xingu e possa afetar a população de peixes que ali vive.

A multa diária fixada pela 9ª Vara Ambiental em caso de descumprimento é de R$ 200 mil. Ao empreendedor, a Norte Energia, cabe entrar com recurso no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, com sede em Brasília (DF), segundo informações da Justiça.

Acesso
A Acepoat argumenta na ação que o início dos trabalhos para a construção da Usina de Belo Monte inviabilizará totalmente a atividade pesqueira na região, uma vez que o acesso ao Rio Xingu, segundo a entidade, estará impedido, tanto para os pescadores quanto para os peixes.

O juiz não considera que as atividades da hidrelétrica e dos pescadores sejam incompatíveis, mas entende que os pescadores só estarão plenamente aptos a retomar suas atividades quando a usina estiver pronta, em 2020.

“Ora, não é razoável permitir que as inúmeras famílias, cujo sustento depende exclusivamente da pesca de peixes ornamentais realizada no Rio Xingu, sejam afetadas diretamente pelas obras da hidrelétrica, ficando desde já impedidas de praticar sua atividade de subsistência, sem a imediata compensação dos danos”, afirma.

Fonte: G1

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Entrevista com prefeito de Trairão – Danilo Miranda


Sim Tapajós - Como está a mobilização do município de Trairão em relação ao Tapajós?
Prefeito Danilo - A mobilização aumentou muito em Trairão, agora a gente não tem ninguém contra, o trairão está 100% a favor, não existe resistência no município.
Em muitas casas e comércios há cartazes a favor do SIM, todos os carros estão adesivados.

Sim Tapajós - Quais as próximas ações a serem realizadas em Trairão pelo Sim Tapajós?
Prefeito Danilo - Estamos organizando a agenda eu mesmo e minha equipe, vamos fazer palestras nas 50 comunidades a partir de outubro, meu objetivo nessa palestras as pessoas saibam porque estão votando, inclusive para que tenham argumento quando outras pessoas tentarem convencê-las do contrário.

Sim Tapajós - Faltando 74 dias para o plebiscito, o que você acha que a população pode fazer para contribuir na causa da criação do Estado do Tapajós?

Prefeito Danilo - Acho que a população tem que se mostrar mais, para que as pessoas realmente vejam e sintam a campanha, é preciso empolgação da população, agora não dá mais para retroceder, é preciso que a população “caia dentro e vá fundo nessa história”.



“Na realidade nos precisamos que a população participe realmente dessa campanha, para que a gente possa mostrar para o novo Pará, que nos estamos unidos pelo ideal, que é a única maneira que tem de desenvolver a nossa região.”
                                                                                                                             Danilo Miranda 

Simão Jatene declara publicamente que é CONTRA o Tapajós e Carajás

Reportagem do jornal O liberal do dia 28/11, em que "sem querer-querendo" o governador do estado, enfim diz NÃO a divisão, seguindo da nota que fala da estratégia de Celso Sabino contra o Tapajós.


Portal TERRA faz matéria totalmente tendenciosa sobre divisão do Pará

Leia a seguir a matéria publicada 28 de setembro de 2011 pelo portal TERRA a respeito do jogo Brasil x Argentina, onde é clara a parcialidade sobre a divisão do Pará.


Belém recebe Brasil x Argentina em meio a 
campanhas sobre divisão do PA (Terra)

Movimento na internet incentiva o uso do vermelho, a cor do estado, para quem for ao Mangueirão
Foto: Mowa Press/Divulgação


FÁBIO DE MELLO CASTANHO
Direto de Belém (PA)
O jogo Brasil x Argentina, às 21h50 (de Brasília) desta quarta-feira, em Belém, coincidiu com a fase inicial das campanhas relativas ao plebiscito que decidirá sobre a divisão do estado do Pará. A data da consulta popular está marcada para o dia 11 de dezembro, mas a capital paraense já respira o clima das eleições que definirão o futuro do estado.
O assunto é tratado com frequência em conversas, e adesivos das campanhas abertas há duas semanas já são comuns em carros da cidade. Até o momento, estão permitidos comícios, passeatas, carreatas e distribuição de material publicitário. A campanha na televisão e rádio começará apenas em novembro.
Os eleitores paraenses irão às urnas decidir se aprovam a criação de mais dois estados. Pela proposta, o Tapajós ficaria com toda a área do oeste paraense, enquanto o Carajás seria formado com o atual sudeste do Pará. Quatro frentes foram criadas: a favor e contra a criação do estado de Carajás e a favor e contra a criação do estado de Tapajós.
Na cidade de Belém, pesquisas preliminares apontam que cerca de 80% dos habitantes da cidade são contra a divisão. Os números podem ser comprovados na maior presença de adesivos e cartazes da campanha que luta pela permanência do estado do Pará. Um movimento na internet incentiva o uso do vermelho, a cor do estado, para quem for ao Estádio do Mangueirão no Superclássico das Américas.
Nenhuma das frentes confirma campanhas diretas durante o jogo de quarta, mas as propagandas oficiais do governo naturalmente se confundem com o plebiscito. Um comercial veiculado em televisões locais pede para os torcedores levarem bandeiras do Estado para campo e o estádio contém faixas e cartazes com mensagens como "O Pará inteiro é Brasil" e "Sou de Paz, sou Pará, sou Brasil".
O deputado federal Zenaldo Coutinho (PSDB-PA), presidente da frente contra a criação do Estado de Tapajós, diz que não existe relação entre as propagandas do estado e a campanha. "Uma coisa é uma coisa, e outra coisa é outra coisa. É claro que o jogo é uma oportunidade de reafirmar o orgulho do povo paraense, mas não tem nada a ver com a campanha. Não é todo dia que a Seleção joga em nosso estado", disse.
Segundo o deputado, o jogo entre Brasil e Argentina serve para Belém mostrar estrutura e condições de receber seleções para períodos de aclimatação antes da Copa do Mundo de 2014. A capital paraense era pretendente à sede, ficou fora e, a exemplo de Goiânia, recebeu partida da Seleção como consolação. A capital goiana já foi confirmada como sede da Copa América de 2015, caminho que a capital paraense também pretende seguir.
Fonte: Portal Terra

terça-feira, 27 de setembro de 2011

“Não vão gastar mais do que estão roubando” diz Sebastião Tapajós



Natural de Santarém (PA), o músico e compositor Sebastião Tapajós, 67, já sabe o que responderá nas urnas, no dia 11 de dezembro, quando será realizado o plebiscito que decidirá sobre o desmembramento do Pará e sobre a criação de dois novos estados: Carajás e Tapajós.
Serão feitas duas perguntas aos eleitores durante o pleito. A primeira: “Você é a favor da divisão do Estado do Pará para a criação do Estado do Carajás?”. A segunda: “Você é a favor da divisão do Estado do Pará para a criação do Estado do Tapajós?”.
Caso a resposta da maioria para as duas perguntas seja afirmativa, o Estado se dividirá em três partes: uma continuará sendo o Pará, a outra será o Estado de Tapajós e a outra será o Estado de Carajás. Há quem diga que o custo financeiro dessa divisão seria elevado, mas o músico é quase lacônico ao se contrapor:
- Não vão gastar mais do que estão roubando.
Sebastião Pena Marcião nasceu dentro de um barco, no rio Surubiú, quando seus pais viajavam com destino a Santarém. Foi registrado como se fosse do município de Alenquer. De tão apaixonado pela região onde nasceu, adotou e registrou posteriormente o nome do maior rio da região e se assina como Sebastião Tapajós Pena Marcião.
Tapajós, que estuda violão desde criança, em 1964 mudou para a Europa e se formou no Conservatório Nacional de Música de Lisboa, em Portugal. Mas seguiu estudando na Espanha até regressar ao Brasil três anos depois.
Consagrado na Europa, especialmente na Alemanha, já lançou mais de cinqüenta discos. Realiza anualmente pelo menos duas turnês internacionais, mas o lugar dele mesmo é Santarém.
- Na verdade eu sou mocorongo de coração.
Veja a entrevista:
Voltou para Santarém quando?
Em 1997 decidi voltar às raízes. Eu vivia no Rio de Janeiro, onde tenho casa. Estava meio cansado de cidade grande. De repente pensei: vou embora pro meio do mato, onde os pássaros cantam é que é o meu lugar. Voltei para cá, onde é cheio de passarinhos: sabiá, bem-te-vi, rouxinol. Aparece de tudo aqui.  porque tem árvores.
O que o ambiente faz pensar?
Comecei a vida achando que tocar em bailes seria o máximo. De repente, eu me vi numa Filarmônica de Berlim e pensei: o que está acontecendo comigo, que saí do meio do mato? Acho que existe em mim determinação e alta força de vontade. Eu nasci num rio chamado Surubiú. Parece nome feio. Fica mais perto de Alenquer do que de Santarém. Nascido num barco com destino a Santarém, aí meu pai me registrou como se eu fosse de Alenquer. Na verdade eu sou mocorongo de coração.
O que é um mocorongo?
Um cara bobo, que nasce em Santarém e não quer saber de sair daqui. Lá pro Sul, mocorongo é um cara bobo, abestado, mas  em Santarém tem outro sentido, mais pra índio. Parece que não, mas o índio é um sujeito muito esperto e inteligente. Tanto que o índio dificilmente se deixa escravizar, porque ele luta e até morre, mas não se deixa escravizar. Outros são escravizados com mais facilidade.
Qual a dimensão que você tem atualmente da Amazônia?
Eu sempre estive presente na Amazônia. Até o meu nome, Tapajós, é da região. Tapajós não constava no meu nome, mas já registrado.
Como é no registro?
Sebastião Pena Marcião. Não é marciano nem macião. É Marcião. Sou devagar e sempre.
Mas em noites de lua cheia se transforma no boto?
O poeta e compositor Paulo André Barata diz que foram os padres que trouxeram essa história do boto para cá. Não sei se é verdade, mas ele diz que foi inventada para justificar as travessuras dos padres nas beiras de rios.
Mas a Amazônia…
Eu vi um discurso do governador Simão Jatene, do Pará, e o poeta Thiago de Mello estava presente como convidado. No meio do discurso, o Simão, que fala muito bem, disse que estavam presentes dois dos maiores representantes da Amazônia, que já representaram a Amazônia pelo mundo inteiro. E nos tratou como Thiago e Tião, mas esqueceu do nosso irmão João Donato, do Acre, que é um amazônida mesmo. Fiquei muito feliz em ouvir isso. Tenho um disco que chama Xingu. Todos os meus trabalhos têm alguma coisa que se refere à Santarém, aos rios, a alguma coisa da Amazônia. Ela é grandiosa.
Uma região muito impactada também?
Eu acompanho com muita tristeza, vendo que as coisas estão se degringolando cada dia mais e o poder aquisitivo, o capital, é quem determina as coisas. Acredito que nós ainda temos uma reserva muito grande. Se já mandaram ver em 15 ou 17%, acho que deveriam tentar segurar o que ainda existe.
E Belo Monte?
Rapaz, sou contra tudo que mexe com a natureza. Não estudei pra falar de cadeira desse assunto de Belo Monte, mas tudo que Deus fez não foi à toa. Deus fez Santarém bela, do jeito que é, porque passou e viu que dava pra fazer. Está tudo aí pra gente usufruir e não para acabar. Fizeram a BR-163, ligando Cuiabá a Santarém, mas sempre fui a favor de uma ferrovia porque haveria menos desmatamento. Asfalto me parece algo inviável para nossa região por causa do custo de manutenção. Além disso, na Amazônia, quando chove é dilúvio. O asfalto não resiste, corrói por baixo. Os trens dão certo em qualquer lugar do mundo. Por que não daria certo na Amazônia?
Tem saudade daquele seu projeto de descoberta musical na Floresta Nacional do Tapajós, que resultou na gravação de um CD com ribeirinhos?
Esse projeto foi muito interessante. Tive que ficar 20, 30 dias num barco, visitar as comunidades, gravar nas casas, encontrando talentos. Numa reunião que tivemos alguém disse que eu não encontraria talentos na floresta, mas deu Certo o disco. Ficou muito interessante. é um trabalho piloto que serve pra qualquer lugar da Amazônia. Eu cheguei a levar para um governador do Pará, mas os caras nunca têm tempo sequer para nos ouvir.
Algum novo projeto?
Tenho um projeto aprovado, que chama Rio Abaixo, Rio Acima. É caríssimo para fazer de Manaus até Belém. São quase 50 cidades. Passar no mínimo três ou quatro dias dando aula, fazendo concertos didáticos, mostrando a riqueza do instrumento para as crianças. É carríssimo porque 50 pessoas, entres as quais jornalistas, artistas e músicos de primeira grandeza para dar aula, terão que ficar um ano inteiro numa balsa. quem levou esse projeto para estudar foi a Petrobras, que quer fazer diferente. A Petrobras quer fazer todo ano, mas aí fica muito mais caro.
E você não aceita que seja anual?
Aceito, claro, mas querem que sejam feitas alterações no projeto. A Vale também está com o projeto. É um projeto orçado em mais de R$ 2 milhões, mas ninguém vai enricar com isso. Vamos trabalhar pra caramba e ganhar o normal. Músicos excepcionais vão passar dez meses morando no barco. Como ninguém é de ferro, de vez em quando vou ter que dar uma saidinha pra pescar. Eu gosto desse tipo de coisa. Eu nasci no barco.
Você tem acompanhado os debates em torno da divisão do Pará?
Estou acompanhando de perto. Nós queremos essa divisão.
Você quer um estado com o seu nome?
Não é com o meu nome, mas da região, que é muito bela e rica.
Quem é contra costuma dizer que o custo da divisão seria elevado.
Não vão gastar mais do que estão roubando. Seria maravilhoso se a gente tivesse governadores como que temos agora, o Simão Jatene, um cara que vem a Santarém, que olha para cá. Da mesma forma, se gente tivesse um governador como foi Fernando Guilhon, ninguém estaria querendo dividir o Pará. Mas não é assim. Quando o Simão Jatene sair, pode entrar um cara que tenha raiva daqui e então a gente vai sofrer por não sei quantos anos. Esse isolamento não é justo pro povo que vive aqui. Tivemos muitos governadores que nos isolaram completamente. A divisão seria uma evolução porque existem razões que Belém desconhece. O egoísmo é um problema seríssimo que precisa ser extirpado. você não pode pensar só em você. Temos que pensar naqueles que nos cercam. Estaremos muito bem servidos se a gente pegar essa extensão que vem desde Altamira, pega o Xingu inteiro, Prainhas, Oriximiná, Óbidos. É uma região muito rica. Não somos tão pobres assim. Aqui existe pobreza, mas não existe miséria. Aqui ninguém vê ninguém passando fome. Só se for muito, mas muito preguiçoso. Quem vai pra beira do rio Tapajós pescar não volta sem peixe. Nós temos tudo para deslanchar. E Belém ficaria muito bem, pois é uma região muito rica em turismo. Do jeito que está, não conseguem cuidar de Belém, nem de Santarém, de lugar nenhum. A situação é deplorável.
Você acredita que a população do Pará decidirá em plebiscito pela divisão do Estado?
Quer que eu seja sincero?
Sim.
Acho muito difícil porque o egoísmo está na frente de tudo. Essa é uma região grande. Se a divisão não acontecer e o governador cumprir a promessa de andar por aqui, as cosias podem funcionar legal. Acho que a melhor solução seria a criação do novo estado e que a gente não pode ficar em cima do muro apenas porque é amigo do governador. Ele tem que me aceitar como sou. A minha opinião é essa.
Mas o governador, como bom tucano, está em cima do muro.
Ele está fazendo o certo, dizendo que o povo é quem vota e decidirá. Eu não fico em cima do muro e por isso me dou muito mal com os políticos. Sou sincero, mas não deixo de falar com eles, quando sei que eles me sacaneiam. Mesmo assim estou lá: bom dia, boa tarde, boa noite. Não me atrapalha, não.

Fonte: Altino Machado

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Celpa deixa Câmara de Santarém sem energia

A sessão da Câmara de Santarém desta segunda-feira 26/09/2011, foi encerrada antes do tempo regimental, por falta de energia elétrica.
Coincidência ou não momentos antes, o vereador Henderson Pinto (DEM) na Tribuna, anunciava e convidava a população santarena para a sessão especial de amanhã terça-feira, 27/09/2011, que vai discutir e tentar encontrar soluções para a falta e oscilações de energia elétrica, situação problema que vem ocorrendo em Santarém há bastante tempo e que até hoje a concessionária Rede Celpa, não mostrou eficiência em acabar com o problema.
O vereador Nélio Aguiar (PMN), em contato com a Assessoria de Comunicação da Câmara, lamentou o episodio, dizendo que essa não é a primeira vez que isso ocorre e pediu a presença da população na sessão especial desta terça-feira 27/09/2011, para que junto com os vereadores cobre da direção da Rede Celpa, a imediata solução para o problema.

 Fonte? CMS

Vigilância Sanitária detecta irregularidades em hospitais e clinicas de Santarém

A VISA (Vigilância Sanitária) de Santarém, encaminhou para o secretário de saúde Emanuel Silva, e para o Conselho Municipal de Saúde, os laudos das pericias feitas para apurar as condições sanitarias de algumas clínicas e hospitais de Santarém, por determinação do Ministério Público através da competente promotora Maria Raimunda.
O blog do JK soube em primeira mão, que nas pericias feitas pela Vigilancia Sanitaria nestes hospitais e clínicas foram detectadas péssimas condições físicas e de atendimento que os mesmos oferecem aos seus pacientes e que colocam em risco a vida e integridade das pessoas.

Foram mandados para o Secretário e para o Conselho Municipal de Saúde, não só os laudos, mais também a negativa de renovação das licenças sanitárias dessas clínicas e hospitais, até que as mesmas atendam os requisitos exigidos pela Vigilância Sanitária, para funcionar novamente, e não coloquem a vida e integridade das pessoas em risco.

Nota do blog do JK: quer saber do secretário, ou do Conselho Municipal de Saúde, onde estão os laudos feitos, e quais são as clinicas e hospitais que foram reprovados pela VISA. Vocês tem que avisar a imprensa para divulgar ao povo que é o verdadeiro interessado em saber quais os hospitais e clinicas que não funcionam de forma correta em Santarém, para não por em risco suas vidas.

Fonte: Blog do JK

sábado, 24 de setembro de 2011

Concursados do Município participam de treinamento


Prefeita Maria do Carmo participou da solenidade de entrega dos diplomas


Treinamento dos concursados, Foto: Ronaldo Ferreira
Mais de 600 servidores municipais concursados da prefeitura de Santarém que foram recentemente empossados, participaram ontem, sexta-feira, dia 23, da solenidade de entrega dos diplomas do Curso de Formação em quatro módulos, oferecido por meio de uma parceria entre a Escola de Governo do Pará e o governo municipal, através da secretaria l de Administração (SEMAD).

A programação foi realizada no Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Santarém (STPMS) e contou com a presença da prefeita de Santarém, Maria do Carmo; do presidente da Câmara de Vereadores, José Maria Tapajós; dos secretários Kássio Portela (Administração) e Inácio Corrêa (infraestrutura); do presidente do STPMS, Ely Cruz e do diretor de área da Escola de Governo, professor Raimundo Albuquerque.

O secretário de administração, Kássio Portela, destacou aos servidores a importância de cada um no sucesso do atendimento à comunidade, no funcionamento das secretarias de governo e na qualidade dos serviços, considerando que os trabalhadores passam a ser o rosto de uma administração pública. “É importante definir que, quando os servidores desempenham um bom trabalho, a repercussão é de sucesso para todos os que fazem a administração, porque eles estão na ponta, lá na base, atendendo nas diversas áreas do governo. Isso é compromisso de todos nós, por isso, proporcionamos estes momentos de treinamento e capacitação junto”, afirmou.

Para o diretor de área da Escola de Governo, Raimundo Albuquerque, esta oportunidade de treinamentos para o funcionalismo público representa a preocupação em investir na formação e na melhoria do atendimento aos usuários das diversas pastas do serviço público municipal.

Na oportunidade, a prefeita Maria do Carmo deu ênfase aos vários avanços diante dos servidores ao longo de seu mandato, como os pagamentos dos proventos em dia e com calendário diferenciado (dia 25 de cada mês recebem os servidores da educação; dia 27 os da saúde; e dias 30 e/ou 31 os das demais secretarias); a antecipação em junho/julho, de 40% do 13º salário; e o contracheque on line, entre outros. Maria do Carmo também confirmou que ainda este mês, a prefeitura fará o pagamento do Piso Salarial Nacional dos Professores.

O curso foi realizado durante cinco dias (de 19 a 23 de setembro), com abordagem dos módulos de: Fundamentos da Administração Pública; Desenvolvimento de Habilidades Pessoais e Interpessoais; Gestão Orçamentária; Convertendo Rotinas em Resultados Desejáveis; e no encerramento da capacitação, de uma palestra sobre “Servidor Público – Uma Ferramenta Essencial”.

Comemoração – Antes de participar do encerramento do Curso destinado ao concursados recém empossados, a prefeita Maria do Carmo prestigiou a solenidade cívico-militar no quartel do 3º Batalhão Tapajós, que hoje comemorou 193 anos.

Fonte: RG 15/O Impacto e Nelma Bentes

Nova Ipixuna: acusados devem passar por acareação

Terceiro acusado, o "Neguinho"
O terceiro acusado de ter matado o casal de extrativistas José Claudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo da Silva - assassinados a tiros no dia 24 de maio no Projeto de Assentamento Praialta Piranheira -, Alberto Lopes Teixeira do Nascimento, o “Neguinho”, negou o crime durante depoimento ao delegado Sílvio Maués na noite de quinta-feira.

Segundo o delegado, a negativa já era previsível, pela repercussão do crime, porém, no inquérito que apura o caso, há indícios de participação do acusado, tanto que o retrato falado confeccionado com base em informações fornecidas por colonos aponta para uma semelhança de quase 90%.

O passo seguinte do inquérito seria provocar uma acareação entre os colonos e o acusado, o que deve acontecer na próxima semana.

Alberto do Nascimento foi preso na noite de quarta-feira, em Nova Ipixuna, por uma guarnição do sargento Brito, com participação do investigador Benjamin, após uma denúncia anônima. O acusado estava desarmado e não reagiu. Na verdade, Neguinho estava morando em Jacundá, mas nos últimos dias se refugiou em Nova Ipixuna.



Os outros dois envolvidos, José Rodrigues Moreira e o irmão dele, Lindonjonson Silva Rocha, foram presos na manhã do último domingo, numa zona rural de Novo Repartimento. Eles também negaram o crime.


Os três revólveres e uma espingarda apreendidos com os acusados foram encaminhados para o Centro de Perícias Científicas para comparação com os projéteis encontrados nos corpos do casal de extrativistas.

Fonte: Diário do Pará, Marabá

Correios: categoria decide manter greve


Funcionários

A greve dos Correios, deflagrada na semana passada (dia 14), vai continuar.
Os funcionários da estatal aprovaram ontem (23) à tarde a manutenção da paralisação, por tempo indeterminado.
A categoria recusou mais uma vez a proposta da direção dos Correios, apresentada antes da greve, que prevê reajuste de 6,87%, mais aumento real de R$ 50 e abono de R$ 800.
A contraproposta dos trabalhadores é de aumento linear de R$ 200, além de reposição da inflação de 7,16% e aumento do piso salarial de R$ 807 para R$ 1.635. Exigem ainda a contratação imediata de todos os aprovados no último concurso público dos Correios.
Fonte: Blog do Jeso

Homem é assassinado com várias facadas na Vera Paz


O corpo do jovem foi levado para o CPC e ainda não foi identificado



Corpo ainda não foi identificado

Um jovem foi encontrado na madrugada de hoje, no trecho entre a Vera Paz e a UFOPA, por um estivador que chegava ao trabalho nas Docas do Pará, com várias facadas pelo corpo.

Trata-se de um mecânico e que nas horas vagas trabalhava como mototaxista clandestino. Uma equipe do SAMU foi acionada e chegou ao local onde o jovem foi encontrado. Foi constatado que ele recebeu cerca de 20 facadas pelo corpo.

Comenta-se que ele foi atacado por algum passageiro e assaltado, às proximidades da UFOPA, local bastante escuro e cheio de mato, e conseguiu se arrastar até as docas, quando foi encontrado. Apesar de ter sido socorrido pelo SAMU, o jovem morreu minutos depois a caminho do Hospital Municipal.
Até agora o corpo do jovem ainda não havia sido identificado.

Fonte: RG 15/O Impacto

Atletas santarenos vencem torneio de jiu-jitsu em Belém


Eros Danilo e Flávio Navalhada foram vitoriosos em Belém



Eros Danilo e Flávio Navalhada foram vitoriosos
em Belém

Mais uma vez os atletas santarenos, mesmo sem apoio que necessitam, tanto do poder público quanto de grande parte do empresariado da região, não se deixam abater nem se intimidam com os obstáculos e fazem bonito, seja dentro ou fora de casa.

No último final de semana não foi diferente, no Campeonato Paraense de Jiu-Jitsu, que aconteceu no Ginásio do SESI, em Belém, nos dias 17 e 18 deste mês, com a equipe de Santarém se saindo bem. O atleta Flávio Navalhada foi campeão na categoria Médio e ficou em 3º lugar na categoria Absoluto, enquanto o atleta Eros Danilo foi campeão na categoria Super Pesado.

O lutador santareno Flávio Navalhada, detentor de muitos títulos, também foi campeão na categoria Médio, do campeonato Norte/Nordeste, que foi realizado no ginásio Catarina Laboré, em Belém, também nos dias 17 e 18. Depois da merecida vitória, os atletas já se encontram em Santarém, se preparando para o Campeonato Internacional de Jiu-Jitsu que acontecerá nos dias 05 e 06 de novembro, na capital paraense.

Rafael Willers conseguiu um grande feito na 7ª Copa Tapajós de Karatê

Novos atletas – Aqui em Santarém foi realizada a 7ª Copa Tapajós de Karatê, na Categoria 9 a 11 anos. O jovem atleta Rafael Willers, de apenas 9 anos de idade, após uma brilhante participação na Copa Tapajós, conseguiu ficar em 2º lugar, mostrando que tem um futuro promissor no esporte.

Por: Carlos Cruz