Vacina 2ª Dose

Vacina 2ª Dose

sábado, 11 de agosto de 2018

Profissionais da Semtras são capacitados para melhor atuar na assistência social do município

Aproximadamente 80 profissionais da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras), entre coordenadores, técnicos, psicólogos, assistentes sociais, pedagogos, orientadores e educadores sociais participaram, no período de 07 a 10 de agosto, do curso de Atualização sobre a Organização e Oferta dos Serviços da Proteção Social Básica (PSB) e da Proteção Social Especial (PSE) do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).


A capacitação foi solicitada pela Prefeitura de Santarém, por meio da Semtras a Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho e Emprego (Seaster) para qualificar as equipes técnicas da PSB e PSE. O curso foi ministrado pelo sociólogo do Departamento da Proteção Social Básica da Seaster, Luiz Carlos Figueiredo, que atualizou os servidores.

"Trabalhamos especificamente a Proteção Social Básica no âmbito do Suas, os Centros de Referência de Assistência Social (Cras), o entendimento do que são os serviços da Proteção Social Básica fazendo a integração com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), as ações da rede socioassistencial, a rede setorial da assistência social e os demais equipamentos da assistência social enquanto média e alta complexidade, fazendo toda uma integração dessa rede. Essa capacitação abrangeu muitos servidores para ampliar todo um leque de informações", destacou o sociólogo.


A capacitação foi solicitada pela Prefeitura de Santarém, por meio da Semtras a Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho e Emprego (Seaster) para qualificar as equipes técnicas da PSB e PSE. O curso foi ministrado pelo sociólogo do Departamento da Proteção Social Básica da Seaster, Luiz Carlos Figueiredo, que atualizou os servidores.

"Trabalhamos especificamente a Proteção Social Básica no âmbito do Suas, os Centros de Referência de Assistência Social (Cras), o entendimento do que são os serviços da Proteção Social Básica fazendo a integração com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), as ações da rede socioassistencial, a rede setorial da assistência social e os demais equipamentos da assistência social enquanto média e alta complexidade, fazendo toda uma integração dessa rede. Essa capacitação abrangeu muitos servidores para ampliar todo um leque de informações", destacou o sociólogo.

A Secretária Municipal de Trabalho e Assistência Social, Celsa Brito, ressaltou que Santarém é um município de grande porte que atende um número expressivo de pessoas em vulnerabilidade social e por isso há a necessidade de qualificar os colaboradores dos equipamentos sociais do município. "Contamos com 8 Centros de Referência de Assistência Social (Cras), sendo 7 na cidade e 1 em Alter do Chão que além da área urbana abrange a região de rios, do planalto e também os indígenas venezuelanos. A Assistência Social passa por desafios diários. Temos técnicos de várias formações, alguns com mais experiência na assistência social, outros com menos. Seja qual for o grau de conhecimento devemos proporcionar capacitações para que todos estejam preparados para atender essa população que necessita de um bom atendimento, por isso estamos sempre buscando qualificar a prática profissional dos nossos colaboradores", pontuou a secretária.

Juntos, os 8 Centros de Referência de Assistência Social atenderam de janeiro a junho de 2018, 81.768 pessoas com serviços de inclusão e atualização cadastral no Cadastro Único, encaminhamentos ao Benefício de Prestação Continuada (BPC), encaminhamentos para o Centro de Referência Especializado e Assistência Social, visitas domiciliares, acolhimento e acompanhamento no serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) de crianças, adolescentes e idosos e também o Serviço de Proteção e Atendimento Integral a Família (PAIF).

FONTE: ASCOM PMS

Nenhum comentário:

Postar um comentário