Vacina 2ª Dose

Vacina 2ª Dose

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Governador Simão Jatene fala sobre gestão pública no I Fórum de RH

Educação e desenvolvimento contribuindo para a modernidade da gestão pública. Foi com este o tema que o I Fórum de RH da Gestão Pública reuniu sexta-feira (25), no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, gestores públicos, secretários de Estado, executivos da área de gestão de pessoas, administradores, professores, estudantes e demais profissionais interessados no desenvolvimento de ações voltadas para os recursos humanos. O governador Simão Jatene participou do evento.



O governador Simão Jatene fez um apelo coletivo aos servidores pela implementação de estratégias de desenvolvimento e modernização da gestão pública, no sentido de contribuírem no cumprimento do maior desafio do Estado, que é a erradicação da pobreza e das desigualdades sociais. “O condão da transformação está nas nossas mãos. É o servidor que dá a cara ao governo e é preciso um esforço coletivo para que essa transformação aconteça. Nosso papel acima de tudo é servir o público”, reforçou.


Promovido pela Secretaria de Estado de Administração (Sead) em parceria com a Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), o evento teve palestras e painéis, com temáticas para a gestão pessoas. Uma delas tratou da “meritocracia nas organizações públicas”, com o vice-governador Helenilson Pontes como mediador. “O governo é feito por todos nós e por cada um dos servidores, que exercem um papel primordial na administração pública. Quando falarmos de meritocracia, falamos de uma política estratégica de pessoas, olhando sempre o social”, destacou.


Outro tema de destaque foi a “Valorização e desenvolvimento do servidor: gestão de pessoas como motor para a implementação da estratégia”, abordado pela subsecretária de Gestão de Pessoas do Governo de Minas Gerais, Fernanda Siqueira Neves, que falou sobre a política proposta pelo governo mineiro, denominada de “choque de gestão”, estratégia que se baseia no modelo de meritocracia e lança mão de várias ferramentas e ações, entre elas o desenvolvimento das carreiras e a profissionalização dos gestores públicos.


“O processo de melhoria de gestão é constante e temos que alinhar a gestão estratégica com a gestão de pessoas para produzir e mensurar bons resultados. Para isso, é preciso realmente trabalhar cada vez melhor, profissionalizar mais os nossos gestores, capacitar e valorizar o servidor”, enfatizou.


“Educação e desenvolvimento contribuindo para a modernidade da gestão pública” e a “Gestão por competências no setor público” foram outros temas destacados, em palestra ministrada pelo escritor e consultor Ricardo Leme. “Gestão por competência é avaliar o servidor não só por suas competências, mas pelas competências que ele entrega para a instituição”, disse.


Segundo a presidente da ABRH no Pará, Carmen Mateus, o evento foi um importante palco de discussões importantes para os profissionais do setor público. “É o momento de lançar um novo olhar para a gestão pública, visualizando um modelo que substitui os regulamentos rígidos e a impessoalidade burocrática por uma estrutura que privilegie a confiança, a valorização das pessoas, a responsabilidade e o comprometimento com os objetivos da organização”, afirmou.


A secretaria de Administração, Alice Viana, ressaltou o Modelo de Gestão por Resultados implementado pelo governo do Estado, que se baseia em metas estabelecidas e indicadores que mensuram resultados. “Nesse modelo, o principal objetivo é a busca da eficiência na prestação dos serviços públicos, tendo como finalidade atribuir responsabilidades e orientar os esforços de todas as equipes envolvidas na execução. Nesse processo, os servidores são os agentes principais, valorizados, reconhecidos e preparados para a prestação de um serviço de qualidade e eficiente para a população”, explicou.

Fonte: Agência Pará de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário