segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

SEMED exonera funcionario por comentario no blog do Jeso

O secretário escolar, Jean Correa, acaba de ser exonerado do cargo. 
Ligado ao movimento sindical, ele foi exonerado após responder o comentário de um leitor sobre a matéria “Secretária será candidata a vereadora”, publica no blog do jornalista Jeso Carneiro no dia 08 de janeiro.
A decisão sobre a exoneração de Jean foi tomada após reunião entre o assessor da SEMED e ex-presidente do Sindicato dos Professores de Santarém, Rivelino Lacerda, e a secretária de Educação e pré-candidata a vereadora Lucineide Pinheiro. O Blog Cidade de Santarem conversou com Jean:


Blog - O que aconteceu  para que você fosse exonerado?
Jean: Na verdade eu nem sei direito qual foi o motivo.   O motivo da minha exoneração segundo o pessoal da SEMED   se deu por causa de um comentário em um blog que estava dando a informação que a secretaria iria disputar a eleição de 2012 como vereadora.

Blog - Você acha que esse foi  motivo para ser exonerado?
Jean: Não, por que desde fevereiro do ano passado na época da greve já tinha sido ameaçado de perder o meu cargo.

Blog - Como você ficou sabendo que foi exonerado?
Jean: No dia 11 de Janeiro de 2012 as 22:10h, recebi a ligação do diretor da escola dizendo  que o Rivelino Lacerda iria me ligar, eu fiquei aguardando, porem depois de 5 minutos o diretor  ligou dizendo que Rivelino não teria conseguido falar comigo e era pra eu ir na SEMED no dia 13 de fevereiro  as 12h, porem a informação que o Rivelino teria entrado em contato comigo não procede por que meu celular tem o vivo avisa e não tinha nenhuma chamada dele.

Blog - Você compareceu na SEMED?
Jean:  Sim, fiquei aguardando um pouco. Fui recebido pelo Rivelino, que me disse que não tinha nada contra minha pessoa e que a ordem para me exonerar tinha partido da Secretária de Educação Lucineide Pinheiro.

Blog - Na sua opinião qual foi o motivo real para você ser exonerado?
Jean: Olha, eu participei da comissão de negociação salarial do Sinprosan, comissão de concursados da Prefeitura de Santarém. Isso talvez tenha despertado algum tipo de desconforto para eles, pois ate então, todos os secretários escolares, que 99% são temporários, não esboçavam nenhum tipo de opinião contraria a administração da secretaria, por que temiam perder seus empregos.

Blog - O que você acha da atitude da secretária?
Jean: O que aconteceu configurou perseguição política, censura e abuso de poder pelo fato deles não respeitarem o procedimento correto para exonerarem um secretario, pois eles nem comunicaram o diretor da escola sobre o fato e isso é gravíssimo, pois a secretaria que  é militante do PT e é candidata a vereadora  pregam tanta democracia e isso foi totalmente ao contrario.

Blog - O que você pode dizer para finalizar?
Jean: Eu espero que em outubro de 2012 os eleitores principalmente  os que trabalham na área da educação analisem direito quem eles querem que os representem na Câmara Municipal de Santarém. Censura é o uso pelo estado ou grupo de poder, no sentido de controlar e impedir a liberdade de expressão. A censura criminaliza certas ações de comunicação, ou até a tentativa de exercer essa comunicação. No sentido moderno, a censura consiste em qualquer tentativa de suprimir informação, opiniões e até formas de expressão, como certas facetas da arte. O propósito da censura está na manutenção do status que, evitando alterações de pensamento num determinado grupo e a conseqüente vontade de mudança. Desta forma, a censura é muito comum entre alguns grupos, como certos grupos de interesse e pressão (lobbies), religiões, multinacionais e governos, como forma de manter o poder. A censura procura também evitar que certos conflitos e discussões se estabeleçam.
Abuso de poder é o ato ou efeito de impor a vontade de um sobre a de outro, tendo por base o exercício do poder, sem considerar as leis vigentes (importa esclarecer que a noção de abuso de poder carece sempre de normas preestabelecidas para que seja possível a sua definição. Desta maneira é evidente que a palavra "abuso" já se encontra determinada por uma forma mais subtil de poder, o poder de definir a própria definição. Assim que o abuso só é possível quando as relações de poder assim o determinam. ). A democracia direta é um sistema que se opõe a este tipo de atitude. O abuso de poder pode se dar em diversos níveis de poder, desde o doméstico entre os membros de uma mesma família, até aos níveis mais abrangentes. O poder exercido pode ser o econômico, político ou qualquer outra forma a partir da qual um indivíduo ou coletividade têm influência direta sobre outros. O abuso caracteriza-se pelo uso ilegal ou coercivo deste poder para atingir um determinado fim. O expoente máximo do abuso do poder é a submissão de outrem às diversas formas de escravidão.
A perseguição política é uma das formas mais covardes de se manipular e pressionar as pessoas. É um tipo de comportamento, de atitude, que certamente é atribuído às pessoas inseguras e fracas, comportamento esse que seria mais inteligente se fosse devotado o tempo e atenção para motivar e incentivar os cidadãos para que esses pudessem se sentir respeitados e valorizados. Fico espantado ao ver que existem pessoas tão ingênuas, especialmente as públicas, que se acham imbatíveis, super poderosas. Será que não param para refletir que tudo é passageiro? Que tudo passa? Inclusive o poder que se julga sobre os outros? A morte é a única certeza que temos, sobretudo, que ela virá para todos. Então, por que tantos vivem atropelando os outros, desprestigiando, prejudicando, boicotando? É uma pena vermos essas pessoas andando na contramão da vida. Perdem tempo com coisas pequenas, gostam de valorizar as picuinhas. E, o pior, é que vivem cercados de pessoas fingidas e interesseiras. Pessoas que muitas vezes ficam do lado somente enquanto dura o poder, se desligando e pulando para o outro lado logo que o poder começa a diminuir. São os amigos do poder. É impressionante como o dinheiro e o poder interferem no comportamento de certas pessoas, transformando-as em seres frios, sem sentimento e emoção. São seres humanos que se tornaram infelizes, carrancudos, mal humorados. Então como são infelizes, querem também fazer com que os outros também o sejam: começam a perseguir, usam de autoritarismo, ironizam. Contudo, calmamente sabemos que a tempestade vai passar, e felizmente somos resistentes para agüentar, pois, carregamos a esperança que um dia, vai passar, e que haverá respeito e parceria entre todos aqueles que caminham juntos, ainda que com ideais diferentes. Perseguição política. A combinação dessas duas palavras é a expressão mais utilizada por pessoas que apoiaram um grupo político derrotado nas eleições. Com a posse do gestor da oposição começa a batalha entre o perseguidor e o perseguido, entre o bandido e o mocinho, onde sai perdendo quem mais precisa dos dois lados; O POVO.

Fonte: Jean Correa (Via email: santaremoficial@gmail.com)

8 comentários:

  1. Eduardo Dourado , pergunte para ele para que carga ele fez o concurso da PMS? O que dizem é que ele queria ficar ganhando mais e em desvio de função. Acho que vai acabar sendo processado por calúnias e difamações. Me parece que esse rapaz é que faz perseguição política. Afinal todos os outros que fizeram concurso já estão em suas respectivas funções. Vejo que esse Jean sofre de sociopatia ou está sendo pago por alguém para difamar umas das poucas grandes secretárias desde governo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Professor Ronaldo. A função de secretario escolar é pra ser exercida preferencialmente pro um servidor concursado e lotado na SEMED, esse pré requisitos eu tenho. A SEMED está repleta de servidores exercendo cargos comissionado. Estude bem o que dizem as Leis Municipais para não falar besteira. Você fala em processo,tudo que falei é verdade eles sabem disso e é por isso que não me processam. Vc deve ter uma boa carga horária para está fazendo esse Comentário. Jean Correa.

      Excluir
  2. Cara é essa a realidade do Brasil e aki em Stm não é diferente.
    Os crimes maiores e a corrupção como sempre impune. Agora um sujeito q roubou uma galinha pra alimentar a familia fica preso e em flagrante e passa um bom tempo na cadeia.
    Nesse caso aki não é diferente, deixar uma pessoa desempregada por um comentário desses é no mínimo ridículo.
    Não vi ofensa a essa tal secretária. A quem estão querendo proteger? Ao meu ver esse puxa-saco mesmo que é a única pessoa sendo atingida diretamente.
    Se realmente esse foi o motivo, só mostra q esse país não é democrático e q os puxa-sacos vão sempre levar a melhor.
    Abre bem o olho Santarém que as eleiçõções já estão chegando....

    ResponderExcluir
  3. Lendo as notícias postadas neste blog, me deparei com uma que trouxe à tona lembranças acadêmicas de temas polêmicos no campo do Direito como: calúnia, injúria, difamação, liberdade de expressão e lei de Imprensa. Li o Título do post: SEMED exonera funcionário por comentário no blog do Jeso; me causando interesse em ler a matéria e no próprio texto me deparei com contradições ditas pelo funcionário. Primeira: o próprio título afirma que o funcionário foi exonerado por comentário no blog, porém logo depois o mesmo afirma que não foi este o motivo "porque desde de fevereiro do ano passado na época da grevejá tinha sido ameaçado de perder meu cargo". Causou-me estranheza tal comentário, tendo em vista que, ele afirma ser perseguição política, me pergunto se isso fosse verdade, teria ele ficado no cargo de confiança até janeiro deste ano???? Uma vez que, tal cargo de Secretário de Escola é um cargo de confiança e livre exoneração. E sobre o tema ja entendeu o Supremo Tribunal do Trabalho, que: "os ocupantes de cargo de livre nomeação e exoneração providos na forma do artigo 37,II, da Constituição Federal, mantêm com a Administração Pública uma relação precária e não abrigada pelas normas trabalhistas, marcada pela previsibildade da dispensa a qualquer tempo. Eles não se encontram abrigados pelas normas trabalhistas que visam a compensar a dispensa imotivada, uma vez que esta figura não tem compatibilidade com o cargo que ocupam". A anulação de nomeação de servidor para cargos em comissão pela autoridade requerida é ato discricionário da Administração Pública, em atendimento a sua exclusiva conveniência, sendo exoneráveis "ad nutum" os seus ocupantes. Assim como o funcionário afirma que perseguição política é uma forma covarde de manipular e pressionar as pessoas, de igual forma forma vejo que notícias falsas veículadas na mídia, também são uma forma covarde de manipular opiniões "notícias falsas são aquelas que se opõem ao que é real, que repulsam a verdade, e de cuja indumentária mistificada procuram revestir-se, para melhor embair a opinião pública, levando-a ao erro e ao engano". Sendo crime tipificado no artigo 16 da Lei de Imprensa, que ainda fala ser crime quando as informações verdadeiras que tenham sido deturpadas, ou, ainda, aquelas que tenham sido truncadas. Fatos verdadeiros, contudo truncados, são aqueles que omitem detalhes e aspectos essenciais da notícia, ou seja, são fatos incompletos. Portanto, seu Jean suas próprias afirmações são contraditórias colcando em dúvida a veracidade de suas informações, você deveria ter cautela no que fala e ainda se diz certo que não será processado por falar a verdade, já eu digo que seria muita benevolência da Secretária de Educação não processar você, por que motivos têm de sobra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AnônimoMar 1, 2012 11:18 AM,onde está a contradição na postagem do blog. Eu não vou ser processado por que eu tenho mas de uma testemunha de que eu fui exonerado pelo comentário no Blog. Se na época da greve eu tivesse perdido meu cargo, configuraria perseguição por que eu fazia na época parte da comissão de negociação salarial. Eu acho que você deve me ligar e fazer mas perguntas para poder fazer sua tese. 91256650

      Excluir
  4. Prof Maria de Lourdes4 de março de 2012 01:15

    Vcs ainda não se tocaram que esse professor Jean não bate bem da cachola. Ele está trabalhando na mesma escola que trabalhava ano passado (Brigadeiro Eduardo Gomes), está "protegido" por um concurso, se bem que no probatório. Esse rapaz tem um déficit de atenção, ta querendo aparecer de qualquer jeito. Gente das duas uma: ou ele é baitola ou sociopata. Sem bem que ele pode ser as duas coisas. Digno de piada kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prof Maria de Lourdes. Fazendo eu nem lhe conheço e tenho certeza que não faz parte do quadro de servidores da Prefeitura (só se for como fantasma). Você quer Atenção, por que o seu marido não tá lhe dando atenção, deve ser por que ele gasta mas tempos com as outras por que você pelo o que escreve de ser uma BUCHA DE CANHÃO. Mas quanto ao deficit de atenção não sei se sabe mas deve se informar mas com as fofoqueiras que fica batendo papo com você em vez de dar aula, pois saiba que eu já fui aprovado, classificado e chamado para tomar posse em 3 concursos e se não sabe para passar em concurso publico(Você não sabe mesmo, deve ser temporária) precisa de bastante atenção! Você de sofrer da síndrome do final de ano, e de do Mal de Puxa-saquismo. Essa doença só da em pessoas incapazes de conseguir algo com o esforço de sua própria inteligencia elas são agressivas com as outras pessoas, agridem mesmo quando não conhecem, sua expectativa de vida é baixa, pois são mal amadas. Eu vou te da um conselho vá um sex shop e compre uma vibrador para não ficar tão solitária ou melhor escreva uma carta prara esses programas de TV que dão uma recauchutada nessas pessoas mal acabadas. Jean Corrêa! PS se escreve besteira de novo vai ler fação sem ser anonima.

      Excluir
    2. Prof Maria de Lourdes7 de março de 2012 23:26

      Não falei pra vcs que esse professor é doido, kkk
      Psicopata, Deus me livre trabalhar na mesma escola que ele. Cuidado colegas qualquer dia ele pode chegar atirando em todo mundo na escola brigadeiro. Principalmente após uma noite em que ele não consiga queimar a rosquinha (que já deve ta uma roscona ardida) kkk kkk kkk

      Excluir