Vacina 2ª Dose

Vacina 2ª Dose

terça-feira, 24 de julho de 2012

Estado monitora saúde dos estudantes internados no Paraná

Seis estudantes paraenses permanecem internados no interior do Paraná depois do acidente com o ônibus onde viajavam ocorrido na última segunda-feira (14), em Piraí do Sul. Segundo a equipe médica que cuida dos jovens, é necessário mantê-los em observação devido a um quadro infeccioso que eles manifestaram nos locais dos ferimentos. Nove estudantes que também estavam em observação na semana passada receberam alta neste fim de semana e já voltaram a Belém.

As informações foram confirmadas na manhã desta segunda (23) pelo coronel Francisco Cantuária, do Corpo de Bombeiros do Pará, que permaneceu no interior paranaense até este fim de semana, acompanhando o quadro de saúde dos jovens e oferecendo apoio do Estado aos familiares dos feridos que foram para o Paraná. “Os seis que ainda não receberam alta apresentaram um quadro infeccioso. Os médicos acreditam que tenha sido em função de os ferimentos terem ficado abertos por muito tempo no local do acidente, até a chegada do socorro. Mas nenhum corre perigo”, explicou Cantuária.

Estão internados estão no Hospital Vicentino, em Ponta Grossa, Antônio Marcos Ferreira de Souza e Otávio de Paula Albuquerque; na Santa Casa, também em Ponta Grossa, está Frederick Charles Herse Corrêa Garcia; e no Hospital Ana Fiorillo Menarin, em Castro, Maria Lina Corrêa Sobrinho, Caroline Tapajós Corrêa Sobral e Daniel Nonato Boga Freire recebem os cuidados médicos.

De acordo com o coronel, o quadro mais grave é de Carolina Tapajós. Ela está internada na Unidade de Tratamento Intensivo, onde se recupera de uma cirurgia no pulmão, que foi perfurado durante o acidente. “Semana passada ela estava em coma induzido, pois os médicos queriam que ela se recuperasse de uma anemia para poder ser operada. Agora, já acordada, depois da cirurgia, ela aguarda a recuperação ainda na UTI”, contou o bombeiro. Junto com Caroline, que está no hospital de Castro, está a mãe dela, que também viajava no ônibus. Maria Lina Corrêa sofreu uma fratura na tíbia, mas já foi operada e passa bem.

Além do apoio que o Estado oferece às vítimas e a seus familiares, o Governo paraense solicitou ao Governo do Paraná auxílio para todos que ainda estão internados. “Nós acompanhamos o estado de saúde dos jovens e esperamos que retornem o quanto antes para o Pará, pois estamos dando todo o apoio para que isso ocorra da melhor forma possível. Estamos monitorando também com a empresa responsável pelo ônibus todas as medidas legais que precisam ser cumpridas”, assegurou Cantuária.


Nenhum comentário:

Postar um comentário