Vacina 2ª Dose

Vacina 2ª Dose

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Salão do Livro recebe 16 mil pessoas em Santarém

A quinta edição do Salão do Livro da Região do Baixo Amazonas atrai visitantes de todas as faixas etárias e com os mais diversos interesses. Muito disso se deve ao leque amplo de atividades propostas na programação elaborada pela Secretaria de Estado de Cultura (Secult) em parceria com a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, para divulgar a produção literária regional e nacional e fomentar o hábito da leitura.
No Parque da Cidade, uma imensa área verde onde o evento está sendo realizado, o visitante pode comprar livros, participar de sessões de autógrafos, conversar com escritores e ouvir a música produzida em Santarém durante os shows musicais que acontecem logo após o Encontro Literário
O escritor belenense Dilmar Batista da Cunha está mostrando seu trabalho no Salão do Livro do Baixo Amazonas pelo quarto ano consecutivo. A história de sucesso dele se confunde com o tempo em que participa do evento. Em 2008, ele escreveu ‘Aprendendo e Brincando com a Tabuada Colorida’, um livro que ensina Matemática de forma leve e lúdica. “Eu mesmo fiz tudo. Escrevi, corri atrás de parceiros para imprimi-lo e depois saí para vender ‘no braço’. Foi assim com as nove edições já produzidas até o momento, a maioria vendida em eventos literários”, conta o escritor, que comemora uma nova edição de seu livro de estreia, agora com uma tiragem de dez mil exemplares pela editora Planeta.
Encontro Literário
O poeta santareno Francisco Oliveira foi o indicado para representar a Academia de Letras e Artes de Santarém (Alas) no evento. Autor de mais de 300 poemas publicados, boa parte deles em jornais, ele está presente no Encontro Literário. “Participo do evento não pela promoção pessoal, mas para divulgar o significado da poesia na formação não só acadêmica, mas humana das pessoas”. Francisco Oliveira publicou seus poemas pela primeira vez em 1994, na coletânea “Eu profundo”. Depois, participou das coletâneas “Enquanto as nuvens passavam” e ‘Sentimentalidades’. Atualmente, está com um livro pronto de poesias intitulado “Poemas da Amazônia: entre o chip e o cipó”.
O Encontro Literário também conta com a presença do poeta, contista, cronista e dramaturgo belenense Carlos Correia Santos. Mediador dos encontros com os autores convidados, Santos é o autor de “Senhora de todos os passos”, que lhe rendeu o Prêmio IAP de Edições Literárias 2011. O escritor fala da importância de se cultuar o hábito da leitura desde pequeno. “A melhor maneira de seduzir, convencer ou aproximar uma criança e o jovem da literatura é dando exemplos, lendo também. Ler ao lado de seu filho. Isso é um exemplo precioso”, afirmou o escritor que, aos 8 anos, ganhou dos pais uma coleção de Monteiro Lobato.
Serviço: O V Salão do Livro da Região do Baixo Amazonas encerra no próximo domingo (3), no Parque da Cidade, em Santarém.

Fonte: Agência Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário