quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Carreata em Santarem: mais de 3 mil carros, 1.500 motos e cerca de 20 mil pessoas

Por volta das 2 horas da tarde um grande números de veículos já ocupava a rodovia Fernando Guilhom, para participar da histórica carreata do sim em Santarém, ao todo foram mais de 3 mil carros, cerca de 1.500 motos e mais de 20 mil pessoas.

O lugar  ficou pequeno para tantos carros e motos que  enfeitados de adesivos, bandeiras e faixas disputavam uma vaga na quilométrica carreata que tomou conta das principais ruas de Santarém.
O numero de veículos era tão grande, que os ultimos carros chegaram mais de 2 horas depois na orla da cidade.
As cores: verde e amarela predominaram, nos carros ou mesmo no rosto de quem participou, foram crianças, adultos, pessoas de diferentes idades, raças e crenças, unidas por um mesmo ideal.

Quem não pode participar, demonstrou apoio de frente das casas ou comércios,eram milhares de pessoas movidas  por um sonho coletivo que já dura mais de cem anos: a Criação do estado do Tapajós.

O trajeto percorrido foi: Rodovia Fernando Guilhon, viaduto, Tv João XXII, Bartolomeu de Gusmão, Jasmim, Frei Vicente, Trav. Tropical, José Agostinho, Rui Barbosa, Cuiabá, Tapajós e finalizando na Praça São Sebastião.

VIDEO DA CARREATA (cenas que a Globo não mostrou):










Fonte: Ronilma Santos

Mãe e filho são esfaqueados durante assalto em Santarém

Adolescente vítima do bandido recebe atendimento no Hospital Municipal de Santarém


Vítima do bandido
A ação de bandidos roubando celular nas ruas da cidade de Santarém (PA) já virou rotina, nos últimos dias. Em alguns casos, na abordagem eles utilizam armas como revólveres e facas, apenas para intimidar a vítima. Mas, na noite de segunda-feira (28), a abordagem foi mais agressiva, Mãe e filho menor de 17 anos, foram esfaqueados. Eles continuam internados no Hospital Municipal de Santarém. O menor levou três perfurações pelo corpo, uma bem próxima ao coração. A mãe Maria Jucilene Martins foi atingida com uma facada que chegou a perfurar o rim.

O caso ocorreu na Rua Alvorada, no bairro Diamantino, nas proximidades do colégio Rio Tapajós, às 22h e 30 de segunda-feira. A dona de casa, Maria Lindolina Martins, irmã de Maria Jucilene, disse que tudo aconteceu quando o sobrinho estava sentado na frente de sua casa e o desconhecido apareceu, tomou o celular e foi esfaqueando o garoto. “Meu sobrinho tentava empurrar com os pés para o assaltante sair de cima dele com a faca e gritava. Quando minha irmã viu aquilo, correu para socorrer o filho. O assaltante virou para ela e não perdeu tempo e a esfaqueou também. Em seguida, o bandido sumiu. Ele estava em uma bicicleta”, disse Maria Lindolina.

Os dois perderem muito sangue. Ela ficou mais abatida que meu sobrinho”, disse Maria Lindolina.
Maria Jucilene havia chegado do trabalho e logo que adentrou nem sua casa ouviu os gritos do filho e foi socorrê-lo. Somente às 15h da tarde desta terça-feira, ela teria saído do centro cirúrgico do Hospital Municipal de Santarém e repassado ao quarto da enfermaria feminina.

Maria Lindolina esclareceu que seu sobrinho não tem rixa com ninguém e nessa área ainda não havia ocorrido ações desse tipo. Ela solicita que o policiamento reforce mais as rondas nas ruas. “Porque ficará difícil a vida do cidadão, não ter liberdade nem de ficar em sua casa”. A ação foi registrada na 16ª Seccional de Polícia Civil, com o delegado Djalma Pereira. Por telefone, o Delegado informou que já repassou o caso para o serviço de investigação, e logo devem chegar ao autor do crime.

Fonte: RG 15/O Impacto e Alciane Ayres

Grupo de trabalho fortalece discussões sobre manejo do açaí

Produtores rurais já construíram viveiro com aproximadamente 3 mil mudas


Mudas de açaí
O Grupo de Trabalho (GT) Manejo do Açaí dos Conselhos Consultivos das Florestas Nacionais de Trairão e Itaituba I e II, que reúnem desde abril deste ano, tem avançado nas discussões para implementar o manejo do açaí em comunidades situadas no Distrito Florestal Sustentável da BR-163 (DFS BR-163). As ações são promovidas pela Unidade Regional do Distrito Florestal Sustentável do Serviço Florestal Brasileiro (UR DFS BR-163 SFB) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), em aprceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e Projeto BR-163 – Floresta, Desenvolvimento e Participação.

Neste ano, o GT realizou o Diagnóstico Participativo sobre o Uso do Açaí e um Plano de Ação Participativo para priorizar as demandas das comunidades. No período de 21 a 25 deste mês foi realizada a primeira demanda apontada no Plano de Ação, um curso sobre produção de mudas e construção de viveiros, realizado no Distrito Bela Vista do Caracol, no município do Trairão (PA). Representantes de comunidades do entorno das Flonas de Itaituba I, II e Trairão participaram da capacitação. O curso contou com aulas teóricas no auditório da Cooperativa Mista Agroextrativista do Caracol (Coopamcol) e atividade prática desenvolvida em área cedida por uma palmiteira da localidade. Ao final, os participantes construíram um viveiro com aproximadamente 3 mil mudas prontas para plantio em campo, previsto para o próximo período chuvoso, novembro de 2012.

Desde agosto deste ano a Coopamcol está se mobilizando para acessar benefícios do Programa Pará Rural. No período, ocorreu a apresentação do programa aos comunitários da área de influência das Flonas de Itaituba I, II e Trairão. Os cooperados conheceram e levantaram questionamentos quanto à proposta do financiamento.

O Pará Rural é um programa do Governo do Estado do Pará que visa o aumento da renda e melhoria das condições de vida das comunidades rurais mais pobres através de duas frentes: financiamento de processos locais produtivos e gestão fundiária e ambiental. O benefício investe em projetos da agricultura familiar de associações em todo Estado.

A Coopancol apresentou um projeto ao Programa com mais de 100 produtores que devem receber recursos para produção de galinha, macaxeira e carneiro. Os cooperados definiram que o recurso também será destinado à recuperação de áreas degradadas com a construção e manutenção de viveiros florestais, principalmente para produção de mudas de açaí e outras essências florestais. A finalidade do projeto é produzir polpa de açaí para melhorar a renda das famílias de agricultores.

No ano de 2000, de acordo com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos municípios foco das ações está classificado como médio-baixo, com exceção de Itaituba que alcança o nível médio-alto. A economia do local é baseada em atividades relacionadas à agricultura familiar, pecuária e extrativismo madeireiro, sendo que o não-madeireiro necessita de fomento para a realização de atividades sustentáveis, principalmente no que se refere ao produto palmito de açaí.

O Grupo de Trabalho para o Manejo do Açaí tem ações viabilizadas pelo Projeto BR-163 – Floresta, Desenvolvimento e Participação, executado pelo Ministério do Meio Ambiente, com o apoio técnico e a gestão financeira da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO – Brasil) e recursos doados pela Comissão Europeia.

Seu objetivo é contribuir para a diminuição do desmatamento na área de influência da rodovia Cuiabá-Santarém, por meio de ações voltadas ao fortalecimento do Distrito Florestal Sustentável da BR-163, à estruturação de cadeias produtivas sustentáveis e ao fortalecimento da sociedade civil e dos movimentos sociais.


Fonte: RG 15/O Impacto e Júlio César Guimarães

Acusado de estelionato é preso

O acusado, José Maria Miranda
A Polícia militar prendeu na tarde de ontem (28) um homem acusado de estelionato. Segundo a polícia ele aplicava golpes em Santarém, vendendo mercadorias alheias.

O acusado foi identificado no momento em que tentava aplicar mais um golpe. José Maria Miranda foi seguido pelo Serviço de Inteligência da Polícia e terminou preso.

O mestre de obras, Paulo Bentes foi vítima do estelionatário. Ele conta que comprou 100 sacos de cimento, mas não recebeu o produto.

“Nós tava na obra próximo a feira agropecuária, e a gente tava construindo lá, a gente tava já com a caixaria toda pronta pra meter o cimento e eu tava com dinheiro pra comprar o cimento, aí ele chegou lá, falou com meu irmão, perguntou se a gente não queria comprar o cimento, ai eu disse, rapaz o meu irmão quer comprar sim.”


Após o acusado oferecer a mercadoria, Paulo Bentes rapidamente informou o irmão sobre a proposta. Para não levantar suspeita e ganhar confiança o estelionatário apresentou aos dois irmãos um distintivo da Polícia civil do estado do Amapá.

“Ele mostrou um distintivo da polícia, eu disse, rapaz eu vou comprar esse teu cimento que eu to precisando. Aí eu tava com mil e quinhentos reais no bolso.”

O estelionatário levou a vítima até uma empresa de construção e mostrou a ele um caminhão que embarcava sacos de cimento e disse que a mercadoria era dele. O acusado pediu o dinheiro, informou que iria tirar uma nota e solicitou que a vítima esperasse no canteiro de obras que logo seguiria pra lá.

Paulo explicou que o cimento nunca chegou e por isso procurou a polícia. Outras pessoas já haviam sido enganadas por José Maria Miranda. A inteligência da PM já investigava o suspeito e descobriu que ele é morador do município de Mojuí dos Campos, mas aplicava os golpes em Santarém.

Várias vitimas foram a seccional reconhecer o acusado que confessou os crimes, mas explicou que só vai se pronunciar em juízo. “O que eu tiver que falar eu vou falar, não vou me omitir em nada que tem que dizer. Eu realmente tava, não adianta mentir.” Confessou o acusado.


Fonte: Notapajós

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Santarém recebe equipe do JN no ar

A equipe do Jornal Nacional (JN) chega nesta terça-feira (29) à Santarém. O projeto JN no Ar vem produzir reportagens sobre o plebiscito marcado para o dia 11 de dezembro. A repórter Cristina Serra e equipe irão passar um dia em Santarém, e divididos em dois grupos vão mostrar a situação da cidade e as expectativas do povo sobre o plebiscito.

É a primeira vez que o jato do JN no ar vem a Santarém. A equipe é formada por jornalistas, editores, repórteres cinematográficos e os responsáveis técnicos pela montagem do link para a transmissão ao vivo no Jornal Nacional.

O Sistema Tapajós de Comunicação (STC) irá acompanhar toda movimentação da equipe na cidade por meio de uma cobertura nos telejornais e rádio.


Na exibição do Jornal Nacional de segunda-feira (28) os apresentadores William Bonner e Fátima Bernardes anunciaram a viagem para o estado do Pará. A repórter Cristina Serra do Aeroporto de Brasília divulgou qual o percurso da equipe do JN no ar nos próximos dias.

“Nós estamos indo para o estado do Pará onde nós vamos percorrer as regiões que podem vir a se transformar em novos estados dependendo do resultado do plebiscito, e que os eleitores terão que decidir se querem ou não a divisão do estado. O JN no ar irá para as cidades de Marabá, Santarém e Belém.” Disse Cristina Serra.

Chegada a Marabá

Após uma hora e cinquenta minutos de voo, a equipe do JN no ar chegou ontem à noite à Marabá. Antes de seguir para o hotel, a repórter Cristina Serra destacou a missão do projeto na cidade. “Isso é um fato histórico esse plebiscito aqui no Pará, por isso que a gente veio aqui mostrar, acompanhar esse debate e expor não só para os paraenses mas para a sociedade brasileira.” Afirma a repórter.


Fonte: Notapajós

Alter do Chão é destaque em matéria de “O Globo”

Falta de infra-estrutura também é relatada na matéria, que destaca a “Ilha do Amor”


Ilha do Amor
O município de Santarém continua a ser foco de matérias jornalísticas nacionais. Dessa vez a manchete é do Jornal impresso e on line, O Globo, veiculada nesta segunda-feira, 28, que destaca – “A apaixonante Ilha do Amor, no Caribe amazônico”-, manchete que seduz o leitor a conhecer detalhes dessa peculiaridade natural existente no Brasil. A reportagem é da jornalista Fernanda Krakovic, que especifica a cultura, a culinária, um pouco da economia das famílias tradicionais. No entanto, a informação aponta dificuldades, como a infraestrutura do balneário. E nesse detalhe afirma que Alter do Chão, no litoral do Pará, já foi considerada uma das melhores praias do Brasil. Empecilho para qualquer visitante ter dor de cabeça e evitar a frase: “Nem deveria ter saído de casa”.

O texto primeiramente enaltece a vila balneária de Alter do Chão, das conquistas pela beleza no exterior.  “O local é sucesso inclusive em publicações internacionais — já tendo sido citado pelo “The Guardian”, entre as melhores praias do Brasil. O Rio Tapajós é de um azul cristalino, a água é morna e a areia, branca. E sem mosquitos a incomodar, devido à acidez da água, resta aos visitantes relaxar em suas praias, passear de barco e, para quem quiser, explorar a Floresta Nacional do Tapajós, fazendo uma trilha, tomando banho de igarapé e conhecendo a realidade de uma comunidade ribeirinha”.

Krakovic impressiona ainda mais o leitor, ao relatar a dimensão do Rio Tapajós e das praias. Diante da imensidão do Tapajós, às vezes é difícil acreditar que estamos num rio. Em alguns trechos, ele chega a ter impressionantes 18 quilômetros de largura. Em Alter, a praia que faz mais sucesso é a Ilha do Amor, localizada bem em frente à vila e seu cartão-postal. A travessia é feita em barquinhos a remo, leva cerca de cinco minutos e custa R$ 3. No mês de novembro as águas baixam ainda mais e é possível chegar lá a pé”.


Praia de Alter do Chão à noite
O texto da jornalista continua a lançar mais convites às mediações de Alter do Chão, a conhecer a Flona Tapajós. “Partindo de Alter do Chão, também vale a pena conhecer a Floresta Nacional do Tapajós (Flona Tapajós), a uma hora e meia de voadeira (lancha veloz). O passeio inclui caminhada de três horas pela floresta, parando para apreciar árvores como Breu Branco, utilizada no preparo de remédios para sinusite, seringueiras e uma enorme sumaúma.


Um dos pontos de partida para a trilha é a comunidade de Jamaraquá, formada por 24 famílias que vivem da extração da borracha e do turismo. Mas, antes de fazer esse passeio, certifique-se de que o guia contratado tem autorização do Instituto Chico Mendes (ICMBio) para entrar na reserva florestal. O preço médio fica em torno de R$ 150 por pessoa para um grupo de três”.


Infelizmente a reportagem informa que conhecer esse cenário paradisíaco tem os contras, o primeiro embate está na infraestrutura do lugar. Eventos como Sairé, considerado a maior manifestação folclórica do Oeste do Pará, perdem visitantes por insuficiência em suportar maior aglomeração de pessoas. “Por isso, quem quiser programar sua viagem para o mês de setembro deve fazê-lo com bastante antecedência, já que a oferta de quartos em pousadas e hotéis é limitada para o volume de visitantes que a localidade atrai nesse período”. Dificuldade já detectada nesse final do ano, os hotéis e pousadas, já estão com os pacotes de fechados.


Praia de Alter do Chão (foto: Ronaldo Ferreira)
O segundo aviso da jornalista de O GLOBO, é quanto o visitante trazer dinheiro em espécie, porque  nenhum lugar aceita cartão e há somente um caixa eletrônico da Caixa Econômica, no mercadinho, e uma agência dos Correios que funciona como banco postal do Bradesco. Quem sabe, com o Estado do Tapajós, em 2012, concretizado nas urnas no próximo mês, a jornalista Fernanda Krakovic, possa escrever mais melhorias no turismo e em outros setores do município de Santarém.


Fonte: RG 15/O Impacto e Alciane Ayres

Vereadores de Santarém repudiam declarações de Simão Jatene

Nélio Aguiar, Emir Aguiar e Ivete Bastos mostram indignação e revolta com decisão do governador Jatene


Nélio Aguiar, Emir Aguiar e Ivete Bastos
As declarações feitas pelo governador Simão Jatene a um jornal da capital, onde ele afirma que está trabalhando pela não divisão do Pará, fez com que os vereadores de Santarém, em pronunciamentos na tribuna da Câmara, na manhã desta segunda-feira, se mostrassem revoltados e indignados.

O vereador Nélio Aguiar (PMN) disse estar frustrado e decepcionado com o governador do Pará, Simão Jatene, que está fazendo campanha em favor do não, no plebiscito de 11 de dezembro, quando a população do Pará vai dizer se quer ou não a criação dos estados do Tapajós e Carajás. Nélio observa que no início da campanha, o governador Jatene disse que ia ficar neutro, assumiria uma posição de estadista, que deixaria o povo decidir e respeitaria a decisão da população.

“Mas recentemente o governador Jatene vem publicamente se manifestar contra o Estado do Tapajós, e dizer que está fazendo campanha a favor do não. Para mim faltou coerência do Governador, ele não manteve o compromisso em ficar neutro e agora sendo tendencioso para o não”, disse Nélio Aguiar. Ao mesmo tempo isso vem desmascarar a pesquisa do “Datafolha”, que tem o Jornal Folha de São Paulo por trás disso, onde eles que são radicalmente contra a criação de novos estados dentro do Brasil, porque são eles é que perdem com a vinda de mais recursos para a Amazônia e menos para o Estado do São Paulo “e publicam pesquisas com números não confiáveis”.

Nélio Aguiar pergunta à população de Santarém e região: “Se o não estivesse tão bem na pesquisa, por que o governador Simão Jatene iria falhar com o seu compromisso e entrar na campanha do não”? “Se a pesquisa fosse verdadeira, não precisaria ter o governador Simão Jatene como cabo eleitoral do não. Se ele está entrando na campanha é porque é o sim que vem crescendo e vai ganhar e o governador quer evitar a criação do Estado do Tapajós. Mas eu acredito que ele não vai conseguir, o pensamento do povo é pela mudança, o Pará como está não dá para continuar”, informou Nélio Aguiar.

Emir pede que Vice saia do anonimato – O vereador Emir Aguiar, O líder do PR, disse estar preocupado com a declaração do governador do Pará, Simão Jatene, de que vai trabalhar em favor do não no plebiscito de 11 de dezembro. Emir pediu ao vice-governador Helenilson Pontes que se exponha em favor do voto sim no plebiscito. “Se o Governador pode, por que o Helenilson não pode”?, desafia o Vereador do PR. “A Posição do Governador faz ir por água abaixo aquela desculpa de que é por conta do juramento feito, no momento da posse”, descreve Emir Aguiar. “Continuamos trabalhando a proposta do Sim Tapajós 77, que é um projeto secular, acho que se não for dessa vez, complica muito a nossa situação”, definiu o líder do PR na Câmara Municipal de Santarém.

Região está abandonada pelo Estado – A vereadora Ivete Bastos (PT), criticou a falta de ação do governo do Estado na região. Ela começou pela saúde. “Ninguém fala nada, tá todo um silêncio, mas no Hospital Regional, principalmente, que é administração do governo do Estado, constata-se um verdadeiro descaso no atendimento a saúde. Pessoas que têm cirurgias marcadas há quatro, cinco, seis meses, não é dada uma resposta. Tem gente morrendo na fila de espera, não tem uma solução para isso”, denunciou Ivete Bastos. “Todas as políticas de responsabilidade do governo do Estado estão um verdadeiro abandono, seja na agricultura, nas estradas e na educação. São várias as atribuições do governo Estadual em verdadeiro descaso”, criticou a Vereadora do PT. “A angústia maior é saber do posicionamento agora oficial, do Governador ser contra a criação do estado do Tapajós. Estamos lutando em favor do novo Estado, porque temos necessidade, estamos abandonados pelo governo Estadual”, desabafou Ivete Bastos.

Pesquisa mentirosa – O vereador Gerlande Corrêa Castro (PSD), na Tribuna, afirmou que a pesquisa do Datafolha que aponta favorabilidade ao não no plebiscito de 11 de dezembro é mentirosa, irresponsável e egoísta. “Essa pesquisa desvaloriza a população do estado do Pará, de Belém, do Oeste, como se o povo não tivesse consciência. Não existe uma lógica se ter hoje uma porcentagem tão alta em favor do não, se a população do Pará já percebeu que o importante hoje é dividir o Estado, para o crescimento de todos. A população só tem a ganhar. Eu não acredito nessa pesquisa ridícula, mentirosa, por isso o meu repúdio a essa pesquisa”, afirmou Gerlande Castro.

Fonte: RG 15/O Impacto e JB Colares

Site do SINTEPP também derruba pesquisa DATAFOLHA


Mais um site de Belém colabora para a queda da credibilidade da pesquisa DATAFOLHA para o plebiscito sobre a divisão do Pará. 
Desta vez a enquete é do site do Sindicato dos Trabalhadores da Educação Publica do estado do Pará (SINTEPP), que até o momento dá o seguinte resultado:

 Sim50.2 % (7932)

Não49.0 % (7742)

Indiferente0.6 % (101)


SITE DO SINTEPP:
http://www.sintepp.org.br/

Ontem veio a público uma enquete da rádio Belém FM, que parecida com a do SINTEPP, mostra um possivel empate tecnico entre as duas frentes.

LEIA MAIS
: 
EXCLUSIVO: Radio Belém Fm põe em risco credibilidade da pesquisa DATA FOLHA

Fonte: Blog Cidade de Santarém

Revista Istoé: Carajás e Tapajós

Dividido em três, o Pará será mais rico e mais cobrado pela populaçãoLeonardo Attuch

Nas mãos dos eleitores do Pará, no domingo 11, o Brasil tem uma chance histórica para dar dois passos à frente. Cerca de 4,6 milhões de paraenses irão às urnas para votar no plebiscito que pode dividir sua atual área territorial em três, criando dentro dela os Estados de Carajás e Tapajós. À primeira vista, de pronto se enxerga mais políticos (dois governadores, seis senadores, dezenas de deputados federais e estaduais) e novas estruturas de poder (sedes governamentais, assembleias legislativas, etc.). Uma antevisão, infelizmente, forte o suficiente para embotar a razão, mas que precisa ser ultrapassada. Esses dois novos Estados, se aprovados, terão extrema importância para a economia não só do Pará, mas de todo o Brasil.

Tome-se, em benefício da análise, as mais recentes criações de Estados no Brasil. É consensual, hoje, que o corte do antigo Mato Grosso em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, efetuado em 1977, foi um acerto de duração permanente, mesmo tendo ocorrido em plena ditadura militar. A divisão daquela imensa área levou para municípios e populações antes desassistidas novos serviços públicos. Estes, por sua vez, aceleraram o desenvolvimento econômico e social regional, consolidando atualmente Mato Grosso do Sul como um dos maiores produtores de alimentos do País. Não houve, como contrapartida, qualquer esvaziamento da riqueza inerente a Mato Grosso. Mais ­recentemente, em 1988, nasceu, de um vértice de Goiás, o Estado do Tocantins. Imediatamente após sua criação, a nova capital, Palmas, tornou-se um grande polo de atração de indústrias e serviços.

Onde hoje há apenas o gigantesco Pará, com seu 1,24 milhão de km² (equivalente a quatro Itálias!) de conflitos sociais e péssimos indicadores de ­desenvolvimento humano, amanhã o quadro tem tudo para ser outro – caso os eleitores locais superem a desinformação inicial e abram passagem para o crescimento. Vítima do desmatamento, por meio do qual o banditismo impera e se produz um noticiário repleto de crimes políticos e chacinas, sabe-se, há muito, que a atual estrutura de governo do Pará é insuficiente para elucidar todas as suas complexas equações. Os fracassos administrativos se acumulam, governo após governo, à esquerda ou à direita. A verdade é que há, naqueles limites, um Estado cujo tamanho equivale ao de vários países europeus, mas apenas um único e singular governo.

Ao mesmo tempo, Carajás e Tapajós nasceriam sobre terras férteis para a agricultura, ricas para a mineração e amplas o suficiente para que nelas conviva o gado. Administrações mais próximas da população local seriam mais cobradas, melhor fiscalizadas e teriam, dessa forma, renovadas condições para preencher o atual vácuo administrativo. 

O Brasil, cujo tamanho territorial é comparável ao dos Estados Unidos (8,5 milhões de km² contra 9,6 milhões de km²), chegou a um PIB de US$ 2,19 trilhões em 2010. O irmão do Norte, mesmo combalido, atingiu US$ 14,7 trilhões – mais de seis vezes maior. Aqui, são 27 Estados. Lá, 50. A relação entre produção de riquezas, território e organização administrativa, goste-se ou não, é direta.
 Fonte: Istoé

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Resultado da Seletiva para o Campeonato de Free Step

Dos mais de 30 dançarinos inscritos, 8 foram selecionados para a 2ª fase da segunda Batalha de Free Step Gospel, e mais 4 foram selecionados pelos jurados para a lista de espera, que visa substituir dançarinos que desistirem até o dia do evento.
A seletiva foi realizada na ultima sexta, dia 25 de novembro, na orla da cidade, e contou com a presença de mais de 300 pessoas, que foram prestigiar os dançarinos.
Os jurados convidados para julgar cada competidor são instrutores de dança em Santarem, Mayara Duarte Guto Quaresma e Alberto Duarte.
Os 8 Homens Selecionados foram:

LUCAS DA SILVA     VS.   LUCAS RABELO
HERNANDES SILVA VS.   ELTON ADRIEL
RODRIGO SABINO  VS.   HENRIQUE REBELO
MICHEL YSLAS       VS.   ERICK ANDREI

Os jurados Mayara,  Guto e Alberto.


O lider do Eternos Radicais em Santarém, Ricardo Azevedo esteve presente.

Reunião com os competidores

População marcou presença no evento.
















Fonte: Ascom Eternos Radicais

Canta Tapajós em Belém dia 1º de Dezembro


Tudo certo para a 2ª edição do show Canta Tapajós, desta vez em Belém.
O espetáculo ser realizado na próxima quinta-feira (1º), a partir das 21 horas, na casa de shows Bolero.
Estão confirmadas as presenças de 10 artistas tapajônicos, entre os quais Maria Lídia e Beto Paixão, que residem em Belém.
O ingresso para o show é R$ 10.
O 1º show Canta Tapajós foi realizado em Manaus (Amazonas), sob vigilância da Polícia Federal.
O espetáculo será transmitido ao vivo pelo blog, via twitter e Facebook.

 Fonte: Blog do Jeso

Polícia apreende 38 quilos de maconha com destino a Santarém

Delegado Lucivelton dos Santos apreendeu dois adolescentes que conduziam a droga em um ônibus


Delegado Lucivelton
Dois adolescentes, VLS, de 15 anos e WSA, com 17 anos de idade, foram apreendidos em flagrante de ato infracional por uma guarnição da Polícia Militar do Pará durante uma blitz realizada na barreira localizada na divisa dos Estados do Pará e Mato Grosso. Com eles os policiais apreenderam 28 tabletes prensados da droga maconha pesando 38 quilos. A apreensão aconteceu neste domingo, dia 27, por volta das 10:00 horas.

Segundo informações, os policiais que trabalham em um posto de fiscalização localizado na divisa dos dois Estados, receberam uma denúncia anônima de que um carregamento de droga estaria sendo transportado por passageiros do ônibus de uma empresa que faz a linha Guarantã do Norte-MT/Novo Progresso-PA. Quando o ônibus se aproximou da barreira, os policiais foram fazer uma revista geral nos passageiros, quando foram encontradas duas malas recheadas com a droga sendo transportadas pelos dois adolescentes residentes em Campo Grande/MS.

As duas malas estavam com etiquetas de destino à Santarém/PA.

Os dois adolescentes foram apreendidos e levados para a Delegacia da cidade de Novo Progresso, onde foram apresentados ao Delegado Lucivelton Ferreira dos Santos e submetidos a procedimento especial do flagrante.

Fonte: RG 15/O Impacto e Hitamar Santos

Movimento a favor da criação do Tapajós realiza passeata


Uma passeata a favor da criação do estado do Tapajós foi realizada no domingo (27), na orla da cidade.

O manifesto percorreu a Avenida Tapajós. Os participantes caminhavam levando bandeiras nas cores verde e amarela, com frases de apoio ao Sim no plebiscito que será realizado no dia 11 de dezembro.

Políticos a favor dos novos estados também participaram do movimento.


Fonte: Notapajós

Homem tenta matar o próprio irmão no centro de Santarém

Guilherme Palhares recebeu uma facada e para se vingar aplicou várias cacetadas no irmão


Guilherme Palhares
Uma briga entre dois irmãos embriagados, cujo motivo seria uma disputa por R$-5,00, terminou com um deles gravemente lesionado no Pronto Socorro Municipal e outro, também lesionado, preso na 16ª Seccional Urbana de Santarém/PA.

A primeira briga aconteceu no início da manhã de sábado, 26, no centro da cidade de Santarém, quando Fábio Almeida Palhares, 27 anos, teria desferido uma facada no braço do irmão Guilherme de Oliveira Palhares, 27 anos, que foi parar no Pronto Socorro Municipal.

Fábio e Guilherme são filhos do mesmo pai, porém, de mães diferentes.

Depois ter alta do PSM, Guilhermeretornou para o centro da cidade e quando encontrou o irmão Fábio, não pensou duas vezes, pegou um pedaço de pau e desferiu várias pauladas para se vingar da facada que recebeu.

Depois de agredir o irmão, Guilhermefugiu e tentou se esconder em um terreno baldio, mas foi descoberto pelos outros irmãos de Fábio e populares, que lhe deram uma ‘senhora surra’ e Guilherme foi salvo pelo ‘gongo’ com a chegada de uma viatura da Polícia Militar no local.

No frigir dos ovos’, Guilherme foi conduzido para a 16ª Seccional, onde foi autuado em flagrante pelo Delegado Jardel Guimarães e indiciado por homicídio tentado, enquanto que Fábio foi socorrido e levado para o PSM, onde se encontra internado em estado grave de saúde.

Após a lavratura do flagrante, Guilherme foi transferido para a Central de Presos Provisórios de Santarém.

Fonte: RG 15/O Impacto e Hitamar Santos

domingo, 27 de novembro de 2011

EXCLUSIVO: Radio Belém Fm põe em risco credibilidade da pesquisa DATA FOLHA



Enquete sobre plebiscito, realizado pela rádio Belém FM, põe em risco a credibilidade da pesquisa DATAFOLHA que foi divulgada nesta sexta-feira, encomendada pela TV Tapajós, TV Liberal e o Jornal Folha de S. Paulo, com a intenção de votos sobre a divisão do Estado do Pará. 
Segundo o DATAFOLHA, foram ouvidos 1.015 eleitores em 46 municípios paraenses entre os dias 21 e 24 de novembro.
O site da rádio http://www.belemfm.com.br/, mostra um empate entre as duas frentes, com o o SIM com 4.172 votos, e o NÃO com 4.215 votos.
Levando em conta os números da enquete da rádio, com mais de 8.000 votos, deixa em duvida as atuais pesquisas do DATAFOLHA, que aponta o NÃO com 62% e o SIM com 31%.

Uma fraude em pesquisas do tipo, pode levar eleitores indecisos a se posicionarem do lado do movimento que está a frente das pesquisas.





LEIA MAIS: 
Site do SINTEPP também derruba pesquisa DATAFOLHA



Fonte: Blog Cidade de Santarém

Passeata do SIM na Orla de Santarém HOJE

Hoje, dia 27 de novembro de 2011, será realizada a PASSEATA do SIM em Santarém! 
A concentração será na Praça do Mirante às 20 hs, percorrendo a orla da cidade até a Travessa dos Mártires, retornando a orla para concluir sua missão em frente a Praça do Pescador.

"Essa passeata é uma iniciativa de membros da sociedade civil santarena, independente de vínculos político-partidários .
O que motiva a realização desta passeata não é a “venda”de uma ideia pré-fabricada ou o fomento ao ódio e ao preconceito e sim, a solidificação da identidade e do orgulho Tapajoara e a legitimação do Estado do Tapajós como um desejo verdadeiro de toda região.
Não basta apenas nossa íntima convicção, venha juntar-se aos demais irmãos de coração tapajoara e mostre que o seu sonho de um estado Melhor e Mais Justo fará a diferença! 
Traga sua família, seu filhos e amigos e venha celebrar a Democracia e apoiar o NOSSO ESTADO DO TAPAJÓS!"
Disse Seiichi Okada Pereira, um dos organizadores.

MPF recomenda à Anvisa interdição de farmácias

Segundo a Procuradoria da República, pelo menos 22 estabelecimentos estejam atuando irregular


O Ministério Público Federal (MPF) encaminhou notificação à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em que recomenda a fiscalização das farmácias em Altamira, no Pará, para verificação de quais estabelecimentos estão funcionando sem farmacêuticos.

O MPF quer a interdição dos pontos comerciais que não contam com esses profissionais. Segundo investigações da Procuradoria da República no município, é possível que pelo menos 22 estabelecimentos estejam atuando de maneira irregular.

A Anvisa tem até 12 de dezembro para responder aos procuradores da República autores da recomendação, Bruno Alexandre Gütschow e Cláudio Terre do Amaral. Se a agência não responder à notificação do MPF ou se negar a tomar as providências necessárias, o caso pode ir para a Justiça.

Além de desrespeitar as normas legais que determinam a presença de técnico responsável durante todo o horário de funcionamento dos estabelecimentos, as farmácias acabam promovendo o exercício ilegal da profissão farmacêutica, alerta o documento enviado à Anvisa.

De acordo com o artigo 282 do Código Penal, exercer a profissão de médico, dentista ou farmacêutico sem autorização legal é crime punido com pena de pena de detenção de seis meses a dois anos, além da aplicação de multa.

“Trata-se de questão de saúde pública e que, portanto, deve ser tratada com máxima urgência”, advertem os procuradores da República.  Na recomendação, o Ministério Público Federal advertiu que a omissão injustificada no cumprimento da legislação pode levar a Anvisa a ser responsabilizada penalmente e por improbidade administrativa.

Fonte: MPF/PA

IBAMA apreende espécies de pescado do defeso

Em uma fiscalização de rotina na Feira do Peixe, o IBAMA apreendeu várias espécies de pescado que estão no período do defeso, iniciado no dia 15 de novembro.

Na operação foram apreendidos 364 Kg de peixe entre Tambaqui, Aracú e Pacu. Outra espécie, o Surubim, apesar de não fazer parte da portaria do defeso, foi apreendido por não apresentar o tamanho mínimo para comercialização e consumo.


O caso será apurado junto a Colônia de Pescadores Z-20. Os responsáveis serão autuados e pagarão multas que variam de R$ 700,00 a R$ 1.000,00. 

Os peixes apreendidos foram doados para instituições sem fins lucrativos cadastradas no IBAMA.


Fonte: Notapajós

Polícia prende traficantes nos garimpos de Itaituba

Traficantes presos durante a “Operação Pepita” nos garimpos de Itaituba


Os traficantes presos
Com a finalidade de reprimir a criminalidade na região garimpeira da cidade de Itaituba, sudoeste do Pará, a Polícia Civil deflagrou a operação “Pepita”. Entre os objetivos da ação policial está o combate ao tráfico de drogas, à exploração sexual de adolescentes e aos conflitos agrários. A ação é coordenada pelo diretor da 19ª Seccional Urbana de Itaituba, delegado Alexandro Napoleão Sant’Ana, sob supervisão do superintendente regional do Tapajós, delegado Edinaldo Sousa. Os resultados foram divulgados no dia 24, quando a operação foi encerrada. Ao todo, quatro pessoas foram flagradas com armas de fogo e drogas na região. Iniciada no último dia 20, a operação percorreu os garimpos Jardim do Ouro, São Chico, Ouromil, São Domingos, Água Branca, Boa Esperança, Pista do Meio, Crepurizinho e Crepurizão, na zona rural de Itaituba.

Armas e drogas foram apreendidos
No total, foram percorridos quase 800 quilômetros durante cinco dias de diligências. No garimpo Boa Esperança, foi preso em flagrante Edimar Bandeira Sertão apontado como responsável por uma boate em que foram encontradas duas “pedras de crack” pesando 150 gramas. No garimpo Pista do Meio, foram localizados num barraco e capturados Valmir Nunes, Renan Fernandes da Silva e Adriana de Souza. Com eles, uma espingarda calibre 20 cano duplo; um revólver calibre 38; um revólver calibre 22; um carregador de pistola calibre 380, além de farta munição dos mesmos calibres, foram apreendidos. Também estava no mesmo barraco Ruan Hartiuk, de apelido “Polaco”, que fugiu durante a abordagem policial em direção à mata fechada. Segundo os presos, “Polaco” carregava uma pistola calibre 380. Uma motocicleta modelo Honda Bros pertencente a “Polaco” foi apreendida. Os indivíduos flagrados com as armas de fogo ocupavam terras alheias sem autorização. O delegado Alexandro Sant’Ana acredita que eles pretendiam expulsar os proprietários e explorar a extração mineral naquela região.

Fonte:RG 15/O Impacto e Ascom/PC

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Polícia Militar prende quadrilha de assaltantes em Santarém

A quadrilha foi presa após assaltar a Pizzaria Napolitana, na Avenida Cuiabá


Assaltantes da Pizzaria
Quatro assaltantes foram presos por homens da Polícia Militar, na madrugada desta quinta-feira, 24, no bairro da Nova República, acusados de assalto. Adriano Cezário de Brito Nogueira, Alessandro dos Santos Mendes (Rato), Josieverton de Araújo Munhoz e Alexander William Araújo, foram presos após assaltar a Pizzaria Napolitana, localizada na Avenida Cuiabá, em Santarém.

Com eles, foram apreendidos um carro de marca chevrolet, modelo Corsa, cor preto, placas JVC – 7806, R$ 541,50, e dois revólveres calibres 38 e 32.

Os quatro assaltantes foram conduzidos para a 16ª Seccional da Polícia Civil e após serem autuados pelo crime de assalto, já estão à disposição da Justiça na Central de Presos Provisórios da Susipe.
Após eles cometerem o assalto à pizzaria, segundo o delegado Nelson Silva, que preside o Inquérito, várias guarnições da Polícia Militar empreenderam diligências na cidade e conseguiram prender os quatro assaltantes e apreender o carro e as armas usadas no roubo.

Quadrilha presa após o assalto a pizzaria
“Foi um trabalho feito pela Polícia Militar, que rapidamente conseguiu prender os quatro rapazes que haviam assaltado a pizzaria. Um deles já tem várias passagens pela Polícia por ter praticado outros crimes”, conta o delegado Nelson.

Populares informaram que o veículo Corsa pertence a uma professora da rede estadual de ensino e, que seu filho havia pegado e, que estava no volante quando juntamente com outros três comparsas estavam praticando assaltos em estabelecimentos comerciais de Santarém.

Investigadores da Polícia Civil garantem que mesmo com a prisão dos quatro assaltantes, os trabalhos investigativos em relação a assaltos que estão acontecendo em Santarém vão continuar.

Fonte: O Impacto

Prise e Prosel serão aplicados neste domingo

Provas será nos dias 27 e 28 de novembro
Os processos seletivos da Universidade Estadual do Pará (UEPA), Prise e Prosel estão com data marcada para os dias 27 e 28 novembro, respectivamente 1ª e 2ª etapas.

Em todo o estado aproximadamente 100 mil candidatos estão inscritos para participar das provas. Deste total cerca de 5 mil estão inscritos para o campus de Santarém.

De acordo com o coordenador da Universidade, os portões das instituições que serão locais de prova serão abertos a partir das 7h do horário local e fecharão às 8h.


“Todos se atentem, no mínimo com meia hora de antecedência esteja no local de prova para evitar qualquer transtorno. É obrigatória a entrada na escola com a apresentação do documento oficial com foto e nós orientamos que levem também o cartão de confirmação de inscrição.” destaca o coordenador Luis Fernando Gouvêa.

Mudança locais de prova

Os candidatos da 1ª etapa do Prise que deveriam fazer prova na escola Frei Ambrósio, devido a problemas relacionados a instituição foram todos transferidos para a escola Almirante Soares Dutra, no bairro Caranzal e devem reimprimir o cartão de inscrição pelo site da UEPA 

Fonte: Notapajós