Vacina 2ª Dose

Vacina 2ª Dose

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Jatene participa da abertura da I Feira da Agricultura Familiar

O governador Simão Jatene participou, nesta sexta feira (25), da abertura da I Feira da Agricultura Familiar da Amazônia Legal (Agrifal). O evento é promovido pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) com o objetivo de divulgar e valorizar o trabalho dos pequenos produtores rurais da região. A Agrifal vai até domingo (27), no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia.


Além da exposição da produção de diversos municípios, a feira destaca também as políticas públicas vigentes no âmbito da agricultura familiar, as tecnologias disponíveis e os avanços na área. Mais de mil agricultores de 40 municípios paraenses também participam da programação científica, com oficinas, palestras, cursos e visitação de trilhas informativas.



Ainda na programação, há cursos de aperfeiçoamento a profissionais especializados, desde merendeiras até engenheiros agrônomos, que vão discutir, por exemplo, a realidade do biocombustível. “É uma programação extensa, resultado de cinco meses de trabalho, em que oferecemos conhecimento e mostramos a potencialidade do nosso produtor familiar”, diz a presidente da Emater, Cleide Amorim.


Entre os avanços apresentados na Agrifal está uma variedade do cupuaçu, que terá destaque especial na feira, a BRS Carimbó. A nova espécie, desenvolvida pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), é mais produtiva e mais resistente às pragas. O Pará é o Estado com a maior área plantada de cupuaçuzeiro no país, com doze mil hectares, seguido pelo amazonas, com seis mil hectares.


O potencial de produtividade da cultivar Carimbó por hectare é de 4,5 toneladas de polpa e uma tonelada de sementes secas. “É a garantia ao produtor de poder plantar com menos riscos, com estabilidade da produção e melhor oferta para o mercado”, destacou o governador Simão Jatene.


Foi destaque também na abertura da Agrifal o lançamento do livro bilíngue “Metodologias de Ater e pesquisa com enfoque participativo”. A publicação, produzida pela Emater, lista mais de 80 ferramentas possíveis para a prática da extensão rural, relacionando assuntos que facilitem a padronização de um norte científico para atuação no campo. “A Emater é construída de pessoas que estão distribuindo conhecimento pelo Estado afora. O resultado pode ser visto quando sentamos à mesa. Por isso, é de suma importância a valorização da empresa e da agricultura familiar”, ressaltou o extensionista e deputado federal Lira Maia.


Caravanas – Mulheres, idosos, jovens, quilombolas. A Agrifal reúne no Hangar 32 caravanas de agricultores familiares de 42 municípios do Estado. A Emater está presente nos 143 municípios paraenses e cada grupo está acompanhado de um técnico do seu respectivo escritório regional. Até domingo eles participam de cursos, oficinas e palestras exclusivas a respeito de diversas temáticas.


Durante a abertura do evento, o agricultor José Acácio Bonifácio da Silva representou, em meio às autoridades, todos os agricultores do Pará. Há 20 anos ele planta laranjas no município de Capitão Poço, nordeste do Estado, cidade que deve produzir este ano cerca de 180 de mil toneladas do fruto. Para ele a primeira feira vai ajudar os pequenos agricultores a desenvolverem ainda mais suas culturas. “Vim na primeira edição da Frutal, quando a produção do Estado ainda era pequena perto do que está hoje. Essa é a primeira Agrifal e tenho certeza que vai ajudar muito os pequenos agricultores”, disse.


Grupos de trabalho de instituições de governo aproveitam a feira para se reunirem oficialmente e lançarem planos e políticas. Neste sábado (26), a Emater, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção (Sedip), Federação da Agricultura e Pecuária (Faepa) e Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Pará (Fetagri), entre outros movimentos sociais, se reúnem para implementação do programa Pró Genética. A iniciativa tem como objetivo a melhora genética do rebanho bovino no Pará, seguindo o mesmo modelo de sucesso desenvolvido no Estado de Minas Gerais.


Também neste sábado, dentro da programação externa da Agrifal, um grupo de cientistas do governo do Suriname visita a Unidade Didático Agroecológica do Nordeste Paraense (UDB) da Emater, no município de Bragança, para conhecerem os projetos de sistemas integrados de produção. Domingo (27), a Companhia Paraense de Turismo (Paratur), em parceria com Emater, Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri), Faepa e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) lançam o “Plano Estratégico de Turismo Rural”.

Fonte: Agência Pará de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário