Vacina 2ª Dose

Vacina 2ª Dose

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Média de denúncias de vandalismo em escolas é de 10 a cada semana, diz PM

O Centro de Operações da Polícia Militar de Santarém, oeste do Pará, recebe, todas as semanas, em média, 10 denúncias de vandalismo nas escolas, segundo informou o chefe do 1º Comando de Policiamento Regional (CPR-1), tenente coronel Anthenor Oliveira. O último caso ocorreu domingo (20), na escola estadual Madre Imaculada, no bairro Prainha, onde vândalos invadiram a escola, quebraram lâmpadas e urinaram no corredor. Segundo a direção da escola, esta foi a sexta vez que o fato ocorreu e a suspeita é de que os vândalos sejam ex-alunos. 

A direção da escola denunciou o caso ao Ministério Público Federal, que prometeu investigar. Na escola estadual Rio Tapajós, no bairro Diamantino, alunos e professores também já viveram momentos de pânico com a ação de assaltantes. Por isso, esperam atitude da polícia. “Eu passo muito aqui à noite e, para eu ir pra casa, tenho que rodar lá por cima para ver como está a situação e evitar o risco de ser assaltada”, afirma uma estudante. A Polícia Militar prometeu combater a criminalidade próximo às escolas. “Agiremos com rigor nesses casos.

Vamos fazer as rondas escolares, os militares irão descer e conversar com a direção da escola, com os alunos e, se observar algum delinquente aprontando nesse colégio, vamos prendê-lo e conduzi-lo à delegacia”, informou o comandante do CPR-1, tenente coronel Anthenor Oliveira. Os estudantes e professores tem esperança de que a ação da polícia tenha sucesso. “Nos ajudaria em mais segurança na locomoção dos alunos para as suas casas, correndo menos perigo, porque à noite o perigo é constante”, acredita um aluno. “As expectativas são as melhores possíveis, haja vista que a presença da polícia é sempre bem vinda em todos os lugares”, explicou a técnica em educação, Marilene da Costa.

Fonte: G1 Santarém

Nenhum comentário:

Postar um comentário