Vacina 2ª Dose

Vacina 2ª Dose

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Instituto anuncia implantação de clínica de dependentes químicos em Santarém

Em visita realizada no último final de semana em Santarém, representantes do Instituto Peniel, que atua em Manaus na recuperação de dependentes químicos anunciaram a implantação de uma unidade no Município. O coordenador e presidente do Instituto, apóstolo Paulo Roberto, atua em conjunto com sua família e vários outros parceiros retirando jovens e adultos do mundo das drogas e dando uma oportunidade de uma nova vida, mais digna e saudável.

O Instituto Peniel atua há cinco anos em Manaus e faz parte do Ministério Internacional de Missões, cujo lema é: “Só os grandes voam alto”. Hoje, contam com 19 internos de idades variadas, entre eles, o mais novo com 14 anos e o mais velho com 52 anos. O tratamento de reabilitação dura em média nove meses, restaura vidas através do amor e do poder do evangelho de Jesus Cristo. Após nove meses de tratamento o internato poderá se tornar um coordenador, ajudando novos jovens a se livrarem do mundo do vício. Nessa primeira vinda à Santarém o apóstolo Paulo trouxe com ele cinco ex-dependentes químicos restaurados. Entre os quais, Gilliard Santos e Henrique Spinola relataram seus testemunhos. Gilliard Santos, 34 anos, relatou que após conseguir um bom emprego em uma grande empresa de ônibus se envolveu no mundo das drogas e viu sua vida e sua dignidade se acabando aos poucos.

Quando já estava com a sua vida destruída, já tinha se tornado um dependente químico, sua esposa e filho nem queriam mais vê-lo. O seu relacionamento com os pais, que segundo ele, já não muito bom, piorou. Para alimentar o vício ele mentia, roubava e fazia o que fosse necessário. Chegou ao ponto de seus pais desistirem dele, porém lhe deram a última oportunidade, apoiando-o com o tratamento no Instituto Peniel. Hoje, após nove meses de internação, seu casamento foi restituído, seu relacionamento com os pais foi restaurado por completo, se tornou um homem com dignidade, com esperança e com novos e grandes sonhos.

Já Henrique Espínola, de apenas 20 anos, relatou que sempre teve uma promessa de Deus em sua vida, porém a ignorava. Tornou-se um dependente químico, vivia no desespero, sendo humilhado pelas pessoas. Conheceu o Instituto, recebeu o tratamento e hoje também é um coordenador. Como a grande maioria dos jovens que entram lá, chegou muito magro e debilitado de saúde. Hoje, demonstra vigor na aparência e sabedoria nas palavras. Já está noivo e em breve subirá ao altar, com total apoio da família. Ele relata que depois de tudo que sofreu e de todo apoio que recebeu, seu peito está cheio de amor pelas vidas, com muita disposição para ajudar os que ainda vivem no submundo das drogas.

Fonte: RG 15/O Impacto

Nenhum comentário:

Postar um comentário