Vacina 2ª Dose

Vacina 2ª Dose

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Chuva causa estragos durante final de semana em Santarém

A chuva, que estava sendo tão aguardada, causou muitos transtornos durante este final de semana em Santarém.

Moradores de muitas áreas reclamaram dos prejuízos. No bairro Uruará, a enxurrada invadiu casas e danificou móveis e eletrodomésticos, além de matar animais de estimação.

Na manhã desta segunda-feira (3), os moradores contabilizavam os prejuízos e tentavam recuperar alguns bens.

“Só não morri afogada porque Deus não quis mesmo. As meninas que ainda pularam no meu braço e me puxaram, mas a água já estava pelo meu pescoço”, lembra a aposentada Joaquina Oliveira, de 80 anos, que estava dormindo no momento em que a casa dela começou a ser alagada.


“A minha filha subiu em mim dizendo ‘minha mãe, me acuda’, aí nós a botamos na janela e meu pai veio me ajudar. Isso foi muito triste”, conta a dona de casa Maria Silva.

Colchões, roupas e móveis da casa da dona Ana Célia ficaram totalmente estragados. Já no quintal do vizinho, as galinhas morreram afogadas. Os moradores tentavam tirar a lama de dentro de casa. “O vizinho ligou na hora, mas não apareceu ninguém. Minha fossa estourou, não há aonde a gente dormir [choro]”, lamentou a dona de casa.

Na residência de outras pessoas, a enxurrada derrubou o muro, como foi o caso de Vitor Brasil. “Quando chove, alaga tudo. Por isso eu peço para que venham logo tomar providências. Tá arriscado até cair a minha casa”, pede o morador.

Para piorar a situação, os moradores não puderam contar com a Prefeitura de Santarém, uma vez que tentaram comunicar a situação a Defesa Civil e não foram atendidos.

A Defesa Civil explicou que não agiu nesse caso devido já ter devolvido os materiais de trabalho para a Prefeitura, como o carro e telefones corporativos. O governo municipal afirmou que os serviços serão normalizados.

“A coordenadoria de Defesa Civil foi instalada em Santarém no governo da prefeita Maria do Carmo. Ela já determinou ao secretário de Segurança Cidadã que retorne com a estrutura da Defesa Civil para que possa cumprir a sua função até 31 de dezembro, já que foi instalada neste governo e a ideia é que seja mantida até esta data. Nós já solicitamos a Secretaria Municipal de Segurança Cidadã que garanta a estrutura, que é pequena. A Defesa Civil deve retornar hoje ainda. Estamos solicitando também o retorno da nossa coordenadora de Defesa Civil. Agora, sobre o que a Prefeitura vai poder atender, vamos primeiramente ver o que aconteceu para ver o que é possível ser feito até 31 de dezembro”, explicou o secretário municipal de Planejamento, Everaldo Martins Filho. 



Fonte: Notapajos

Nenhum comentário:

Postar um comentário