Vacina 2ª Dose

Vacina 2ª Dose

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Estado amplia recursos para assistência dos servidores em Santarém

Os mais de oito mil funcionários públicos estaduais assegurados na região do Baixo Amazonas pelo Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará (Iasep) contam com novos serviços de saúde desde o início deste ano. Em Santarém, município polo para esses atendimentos, o Governo do Estado ampliou em 70% a rede credenciada, com novas especialidades e unidades para cirurgias e internação. Os novos serviços representam um aumento de mais de 200% nos investimentos naquela região, que só no ano passado teve quase R$ 3 milhões de recursos para assistência aos servidores, contra R$ 900 mil aplicados em 2010.
A ampliação garante novas especialidades, como pediatria, ortopedia, dermatologia, fonoaudiologia e endocrinologia serviços que não eram cobertos ou que contavam com poucos profissionais credenciados para o atendimento.
O Iasep credenciou também três novas clínicas para atendimento de média e alta complexidade, além de cirurgias e internações, e um centro para diagnóstico por imagem.
O presidente do Iasep, Kleber Miranda, informa que a ampliação de serviços atende a uma reivindicação antiga dos mais de oito mil servidores assegurados em Santarém e nos demais municípios do Baixo Amazonas. “A partir dos investimentos que fizemos os servidores têm uma cobertura ainda maior de assistência médica. Só em volume de recursos, o Governo do Estado mais do que dobrou o seu investimento para assistência do funcionalismo na região, passando de R$ 900 mil, em 2010, para R$ 2,8 milhões no ano passado. Isso é mais de 100%”, declarou Miranda.
Segundo ele, o Iasep continua negociações para ampliar ainda mais a assistência aos servidores estaduais locados nos municípios do oeste paraense. “Estamos em negociação com os hospitais para garantir leitos de UTI e outros para a internação. É importante fortalecer essa rede de centros credenciados”, diz. O Estado está estimulando os prestadores de serviço e a rede privada para se credenciarem. “O credenciamento está em dia, bem como o pagamento de todos os prestadores de serviço que estão quites conosco”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário